Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Bonucci 'limpa' a imagem da Coca-Cola e Heineken

Por: Redação.. 16 de Julho de 2021

A presença das garrafas das marcas patrocinadoras na sala de imprensa foram os protagonistas indiretos desta Euro 2020 que terminou no domingo (11).

O zagueiro italiano Leonardo Bonucci, que marcou o gol de empate na grande final aos 90 minutos, deu uns goles nas bebidas que Cristiano Ronaldo e Pogba haviam rejeitado em outras coletivas de imprensa.

Leia também: Cristiano Ronaldo causa prejuízo bilionário à Coca-Cola.

Depois das comemorações, o jogador italiano surpreendeu a todos ao chegar com uma garrafa de Coca-Cola e uma cerveja Heineken em cada mão, as mesmas que foram desprezadas por  Cristiano Ronaldo e Pogba respectivamente, e deu alguns goles em cada garrafa antes de começar a responder às perguntas dos jornalistas.

Leonardo Bonucci (Foto: Reprodução).

A confusão de patrocinadores que Cristiano Ronaldo causou

Um dos assuntos mais comentados do torneio foi quando Cristiano Ronaldo retirou as garrafas de Coca-Cola que patrocinou a Eurocopa e recomendou beber água antes do popular refrigerante.

Gesto que causou uma queda brutal de 1,6% na bolsa de valores da empresa. Em termos econômicos, a Coca-Cola The Company passou de um valor de US$ 242 bilhões para US$ 238 bilhões. O que representou uma perda total de 4 bilhões de dólares.

Mais tarde, Paul Pogba seguiu os passos de Cristiano Ronaldo depois que a França venceu a Alemanha em seu primeiro torneio. O meio-campista da Seleção Francesa retirou uma garrafa de cerveja Heineken colocada à sua frente. 

Após ter retirado as garrafas de cerveja da mesa da coletiva de imprensa, especulou-se que essa ação poderia ter respondido ao fato de o jogador ser muçulmano.

Manuel Locatelli fez algo parecido com o português, enquanto outros jogadores decidiram tirar sarro do evento, como o técnico russo Stanislav Cherchesov, o escocês John McGinn e o ucraniano Andriy Yarmolenko.

Ações da Heineken sobem 

Depois do que foi feito pelo italiano Leonardo Bonucci, a Coca-Cola não apresentou alteração na bolsa, porém, os indicadores da Heineken vêm subindo nas últimas horas após a final do Euro 2020, afinal, desta vez foi uma promoção da marca feita por um campeão.

Confira mais  no vídeo abaixo:

Caso não consiga visualizar clique aqui.

Tags: melhores-da-semana | Eurocopa | heineken | coca-cola | selecao-da-italia | futebol