Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

SPCVB está otimista com o retorno de feiras e congressos

Por: Redação.. 13 de Julho de 2021

Mesmo que o mundo ainda enfrente o desafio do combate da pandemia do Covid-19, com o avanço da vacinação, já se assiste ao retorno mais amplo das atividades em diversos países. 

Em Nova Iorque e outros destinos, a não obrigatoriedade das máscaras em áreas abertas já é fato. Eventos-teste realizados, inclusive, no Estado de São Paulo.

Assim, o setor M.I.C.E. (Meetings, Incentives, Conferences & Exhibitions) também pode projetar um futuro promissor a curto prazo e iniciar um planejamento mais conciso para os próximos meses, como indicam análises do São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB).

O SPCVB é uma entidade estadual, sem fins lucrativos, que dentre suas atribuições está a captação e apoio de eventos, contando com duas áreas de atuação: Internacional e nacional.

Nesta, mantém o NIP, Núcleo de Informação e Pesquisa, cuja qual é responsável pela manutenção de um calendário de eventos, atualizado diariamente.

A presente análise parte do Calendário de Eventos do SPCVB. Nele, considerando uma amostra de 600 eventos previstos para 2020, entre congressos, feiras, simpósios e demais tipologias, apenas 51% foram realizados, e, deles, 118 foram on-line.

“Sem conhecer como a pandemia se comportaria nos primeiros meses, os promotores e organizadores adiaram, primeiramente, seus eventos para o segundo semestre de 2020. Há congressos, entretanto, que passaram por até três mudanças de datas, o que impactou também no calendário de 2021.”, explica Toni Sando, presidente-executivo da entidade.

A análise do executivo corresponde com os números do calendário. Com uma amostra de 626 eventos previstos para 2021, 41% foi realizado de forma digital, 27% sofreu mudança de data ainda para o mesmo ano, e 32% foi reprogramado para 2022.

Fazendo um recorte focado nos eventos nacionais captados, o cenário se assemelha.

Eventos captados são aqueles que não fazem parte da agenda habitual de um destino, sendo atraídos com apoio do trabalho do SPCVB, que realiza uma grande articulação com seus associados, entidades e poder público para tornar São Paulo competitivo frente a outros destinos.

Para 2020, eram aguardados 11 novos eventos nacionais. A pandemia impactou na mudança de datas, de local e na alteração para sua realização virtual (cinco, ao todo).

Contudo, desta base, segue confirmado ainda para 2021 em São Paulo o XXI Congresso Brasileiro de Cirurgia Bariátrica e Metabólica da SBCBM, que deve atrair 2 mil participantes.

Ele se une ainda aos eventos captados previstos para 2021 que permanecem confirmados, como o Congresso Brasileiro de Ufologia, UFO Summit Brazil, Convenção Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Conescap), que somam mais 3.600 participantes, além de 3 com realização virtual.

“Por mais que a tecnologia se mostrou muito útil para a realização de eventos digitais e híbridos, sabemos que não substituem a experiência do presencial. E é no ao vivo que o destino se integra ao evento, exponencializando os resultados e gerando emprego e renda a toda a cadeia produtiva de turismo, eventos e viagens.”, aponta Toni Sando.

Já para 2022, os eventos captados previstos seguem confirmados, com um público estimado, ao todo, de mais de 26 mil profissionais.

“Vem sendo um desafio para as empresas manterem suas atividades com saúde financeira. Entretanto, aos que ultrapassarem essa barreira, o futuro se mostra promissor.”, diz Sando.

As captações de eventos internacionais apontam também para a retomada, em um trabalho de prospecção que não parou durante a pandemia.

“Junto às associações e entidades que o SPCVB faz parte, foi realizado um trabalho forte para que São Paulo se mantivesse no radar dos principais destinos mundiais.”, explica o executivo.

Complementam os esforços o andamento da captação de importantes eventos internacionais de associações mundiais, referência nos segmentos de Biologia, Ciência Física, Ciência & Tecnologia, Ciências Sociais, Engenharia & Construção, Medicina & Saúde, Medicina & Tecnologia e Medicina Veterinária.

Esses eventos, se confirmados, têm previsão para acontecer entre 2022 e 2026 e atrair cerca 23 mil participantes presenciais, além de muitos outros virtuais que também poderão vivenciar a experiência.

No segundo semestre de 2021, o SPCVB já se programa para atuar nos mercados M.I.C.E. americano e europeu para promoção de destino e prospecção de novos eventos, durante a Imex America e IBTM World, ambas previstas para novembro.

“Este ano, além da prospecção de novos negócios para SP, é essencial que estejamos atentos e pró ativos na aproximação com o mercado internacional, já que muitos outros destinos já reabriram para o turismo. São Paulo precisa manter sua competitividade.”, esclarece o Presidente Executivo.

Toni Sando abre que o mercado internacional trabalha para realização de eventos a médio e longo prazo, “Por isso a relevância do SPCVB estar muito concentrado frente aos congressos internacionais que estão com a candidatura em aberto e que precisam definir suas sedes neste ano.”

Para isso, é necessário o envolvimento da associação local, articulação de contato com órgãos governamentais, realização de parcerias com organizadores de congressos, levantamento de dados e informações personalizadas do destino para a elaboração da candidatura.

 

Foto: Reprodução.

Tags: SPCVB | m-i-c-e | congressos | feiras-de-negocios