Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

WTM Latin America encerra edição 2022 com recorde de visitantes

Por: Rose de Almeida. 8 de Abril de 2022

Corredores movimentados, 565 expositores de 40 países, teatros de capacitação cheios e muita energia positiva marcaram o encerramento da WTM Latin America 2022. Nos dois primeiros dias de evento, a organização registrou a entrada de 10.725 visitantes, número que representa um crescimento de 8,7% na comparação com 2019. 

Na primeira matéria desta série de três dias do evento, esta que vos escreve já diz isso no primeiro parágrafo. Era muita vontade de retomar os eventos presenciais e este evento, especificamente, tinha todos os ingredientes para agradar: empresários e profissionais decisores nos estandes, destinos interessantes, conteúdo diversificado e muita vontade de todos em fazer negócios e se encontrarem.

Leia também: Quem são os influencers dos eventos no Linkedin?

“O evento reforça os sinais de um futuro positivo para o turismo, com a perspectiva de fechamento de negócios e muitas reflexões sobre a atividade”, comemora Simon Mayle, diretor da WTMLatin America.

Outra conquista importante foi a grande adesão à plataforma de agendamento, que registrou a marcação antecipada de 6 mil reuniões no decorrer dos três dias de evento. Thaís Del Ben, gerente de Marketing e Comunicação, credita esse resultado a um aprendizado da pandemia. “O latino-americano não tinha o hábito de planejar a agenda antes dos eventos e essa mudança comportamental veio com a participação em eventos virtuais nos últimos dois anos”, pontua. Bianca Pizzolito, gerente de Vendas para o Brasil e a América Latina, acrescenta o ganho que essa mudança comportamental traz para a organização dos fluxos e para a captação de novos negócios, uma das principais premissas do evento.

Corredores lotados, teatros cheios, mais de 6 mil reuniões agendadas. Público não faltou para as atividades programadas na WTM

Nesse sentido, a feira registrou importantes avanços. Um dos mais emblemáticos foi o fechamento de um acordo comercial entre a CVC e a Oktoberfest de Blumenau (SC). A operadora passará a vender ingressos para a maior festa da cerveja das Américas e segunda maior do mundo nas 1.200 lojas próprias e em todas as franqueadas da rede. Nilson Passarin, diretor de Planejamento e Promoção do Turismo da capital brasileira da cerveja comemorou o acordo e o potencial de divulgar os atrativos da cidade para além da festa.

Minas Gerais também aproveitou o encontro para fazer o pré-lançamento da Via Liberdade, uma rota de 1.179 quilômetros pela BR-040 que une atrativos históricos e culturais do estado com os do Rio de Janeiro, Goiás e Distrito Federal. “Já temos 70 vivências e roteiros mapeados, além da previsão de capacitações para mostrar atrativos para além das Cidades Históricas, evidenciando sete Patrimônios da Humanidade, entre outros aspectos”, resumiu Milena Pedrosa, secretária adjunta de Turismo de Minas Gerais.

André Dias, secretário de Turismo do Pará, também destacou a importância da WTM para a divulgação do estado e, consequentemente, para a sua economia. “A criação de empregos responsáveis é uma prioridade para que o negócio e a conservação andem lado a lado. Trouxemos ao evento a visão de um estado cada vez mais conectado com a natureza, a gastronomia e o povo”, disse.

O diretor da WTM, Simon Mayle puxa o brinde final pelo crescimento de quase 9% de visitantes na edição 2022 do evento

O sucesso do evento se estendeu à programação técnica oferecida nos três teatros temáticos. As 55 palestras, painéis e capacitações apresentaram derivações de temas relacionados aos principais pilares desta edição: Diversidade e Inclusão, Turismo Responsável e Tecnologia. “As histórias contadas e os ensinamentos compartilhados comprovam o poder que o turismo tem de impactar positivamente a vida das pessoas, pontua Mayle.

Para Mariana Aldrigui, professora e pesquisadora da USP, a criação de um comitê e de um espaço dedicado à Diversidade e Inclusão sinalizam uma ousadia que é característica da WTM, além de um alinhamento às tendências. “Pautamos temas que incomodam as pessoas e fazem com que elas pensem. Podemos ser preconceituosos com idade, não enxergar questões de acessibilidade, a inclusão de surdos e de quem tem deficiência intelectual mas, ao divulgar um Manifesto e oferecer um espaço de debate tão privilegiado, a gente planta uma semente com a meta de naturalizar esses assuntos. Quem sabe, daqui a dez anos, a gente não precise mais discutir isso”, pontua.

A edição de 2023 da WTM vai ter um grande trabalho para superar a edição deste ano. Ou seja, trata-se de um bom desafio para os organizadores e todos os visitantes, expositores e parceiros.

Tags: wtm-latin-america WTM feiras-de-negocios negocios feiras-internacionais micenopromoview micebusiness feiras-e-eventos