Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Réveillon da Times Square também acontecerá no universo virtual 3D

Por: Antonio Cervi. 20 de Dezembro de 2021

A empresa imobiliária por trás de uma das tradições mais reluzentes da América vai abrir 2022 no metaverso.

Jamestown, a proprietária da One Times Square, está recriando a festa do Ano Novo de Nova Iorque, marcada pela queda da bola gigante da torre de 26 andares, na Decentraland.

A empresa anunciou o plano na quarta-feira em parceria com o Digital Currency Group (DCG), o apoiador de longa data da Decentraland com participações importantes nos tokens MANA e LAND da plataforma.

O evento normalmente recebe 58.000 participantes e é acompanhado na TV por muitos mais. Foto: Divulgação

Como o valor dos imóveis virtuais em jogos populares do metaverso como Decentraland e The Sandbox continua a subir, a participação de incorporadoras imobiliárias do mundo real como Jamestown pode ser uma tendência digna de ser observada.

Isso ocorre em um momento em que a queda da bola real da Times Square será limitada a 15.000 participantes com distanciamento social e totalmente vacinados por causa de um aumento nos casos de Covid-19.

Leia também: Terreno virtual é vendido por US$ 2,4 milhões

A One Times Square virtual incluirá 170 lotes de propriedade Decentraland e a inauguração do primeiro arranha-céu do jogo.

A festa, chamada de "MetaFest 2022", contará com galerias de arte não-fungível (NFT), salas VIPs no terraço e apresentações de música virtual, segundo um comunicado à imprensa. 

Os outdoors virtuais ligarão a experiência ao evento correspondente do mundo real através de apresentações ao vivo na cidade de Nova York. 

A empresa também criou o app VNYE, que oferece um espaço virtual diferente para vivenciar a tradição nova-iorquina. Foto: Divulgação

A Jamestown não divulgou quanto gastou em seu imóvel virtual, apesar de ter sido mencionado que o projeto de construção fazia parte da "estratégia de maior patrimônio digital" da empresa.

"O metaverso é uma parte importante da evolução do setor imobiliário e do ambiente da construção", disse o presidente da Jamestown, Michael Phillips, em um comunicado à imprensa. "Enquanto os bens imóveis físicos são em grande parte limitados a pessoas com proximidade geográfica, o metaverso pode dar às pessoas ao redor do mundo acesso significativo a lugares através de experiências virtuais imersivas".

A Jamestown e a DCG fizeram uma parceria com as empresas de desenvolvimento de metaverso GrowYourBase e MetaVenture Studios para a construção.

Tags: decentraland | universo-virtual-3d | nova-iorque | metaverso-o-que-e