Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Piloto brasileiro lança seus primeiros NFTs

Por: Redação.. 26 de Outubro de 2021

As criptomoedas marcaram o início das transferências de valor físico para o digital, e cada vez mais novos itens têm surgido como itens de valor digital. 

A mais nova tendência é a crypto art, ou arte criptográfica, que vem promovendo grandes mudanças no meio artístico, e, agora, também no meio esportivo.

A NBA, Liga norte-americana de basquete profissional, foi pioneira como entidade esportiva neste assunto, oferecendo à sua gigantesca base de fãs uma variedade de itens digitais únicos comercializados dentro da blockchain. Agora, o automobilismo também tem olhado com mais atenção ao assunto.

Guilherme Samaia, da equipe Charouz Racing System na Fórmula 2, principal categoria de acesso à Fórmula 1, é o primeiro piloto brasileiro a aderir e lançar seus próprios NFTs. 

Guilherme Samaia é o primeiro no Brasil e o segundo piloto no mundo a lançar suas figuras (Foto: Dutch Photo Agency). 

O primeiro – a primeira, na verdade – foi a piloto japonesa Ai Miura, campeã da Fórmula 3 Japonesa em 2014. Samaia, que é duas vezes campeão da Fórmula 3 Brasil, foi o segundo piloto no mundo a colocar seus NFTs on-line – cinco dias após a japonesa. 

Esta semana, o francês Pierre Gasly, da equipe AlphaTauri na F1, também lançou sua coleção para leilão.

Os tokens não-fungíveis (NFTs) são criptoativos colecionáveis exclusivos. São a versão digital dos cards de baseball ou das figurinhas de álbuns das Copas do Mundo, mas estes itens trazem um certificado digital que garante sua autenticidade e exclusividade – são peças digitais únicas.

Seguindo esta tendência global atual, artistas, Ligas de esporte, atletas e celebridades estão lançado suas próprias coleções de NFTs, com o objetivo de se aproximar do seu público, criando itens únicos e recordações. 

NBA, Mick Jagger, Floyd Mayweather, Snoop Dogg, Tony Hawk e a equipe Aston Martin na Fórmula 1 são alguns exemplos.

Os NFTs de Samaia – ou figuras – foram desenvolvidos pela Typed Studio sob a direção de Tina Castro, com a coordenação da CFuture, empresa que patrocina o piloto paulistano em sua campanha na Fórmula 2. 

Serão 48 artes para arremate por meio da plataforma OpenSea.io, especializada em transações de criptoarte dentro da blockchain. 

As figuras entraram na plataforma para serem comercializadas no dia 23 de outubro e os lances podem ser dados acessando o link

“Escolhemos retratar meus três últimos anos nas pistas. Serão 16 figuras remetentes à temporada de 2019, mais 16 à de 2020 e mais 16 de 2021. São itens variados retratados nas figuras, como meus capacetes e os carros. Cada item comercializado é único e impossível de ser copiado, o que confere um status de exclusividade, colecionabilidade e transferência de valor.”, diz Samaia.

O piloto brasileiro volta às pistas no final de semana dos dias 3 e 4 de dezembro, para a sétima e penúltima etapa do campeonato da Fórmula 2, que acontece em Jeddah, na Arábia Saudita.

Tags: automobilismo | melhores-da-semana | circle-aceleradora | Martechs | nfts