Canal
Mkt Social

Stella Artois convida para homenagear lideranças femininas

Por: Redação. 8 de Fevereiro de 2020

De acordo com um estudo realizado pelo Grupo Talense em 2019, as mulheres ganham em média 20,5% menos que os homens, ainda que elas representem 40% população economicamente ativa no País, como aponta um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também de 2019. 

Apesar das projeções indicarem crescimento da participação feminina no mercado de trabalho, a previsão é de que em 2030 mais de um terço (35,5%) das mulheres adultas ainda estejam fora do mercado, de acordo com um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). 

Como um incentivo à equidade e a sororidade no mercado de trabalho, Stella Artois - marca liderada majoritariamente por mulheres - criou o movimento #elameinspira, incentivando mulheres e homens a homenagearem lideranças femininas de todos os tipos por seus exemplos e representatividade. 

"Stella foi a primeira cervejaria a ter uma CEO mulher, Isabella Artois, em 1726. Naquela época era atípico uma figura feminina liderar um negócio.", conta Bruna Buás, diretora de Marketing de Stella Artois

"Veio daí a ideia de demonstrar nossa admiração por mulheres que nos inspiram todos os dias e contribuem para que tenhamos uma posição cada vez mais igualitária no mercado de trabalho. Ainda há muito a se conquistar e juntas podemos chegar onde quisermos.", complementa. 

Além de ganhar força dentro da companhia, a campanha é lançada com o intuito de alcançar outras empresas - inclusive concorrentes - além do público em geral. 

Para participar, Stella convida os internautas a compartilharem até 09 de março, segunda-feira, seus depoimentos sobre mulheres inspiradoras do mercado de trabalho por meio de posts com a hashtag #elameinspira. 

A cada menção da hashtag no Twitter, Stella Artois vai doar R$ 1,00 para projetos que defendem causas femininas, entre eles Plano Feminino, Movimento Black Money, Think Olga e Afesu (Associação Feminina de Estudos Sociais e Universitários) - a meta é chegar a 100 mil menções. 

Vale destacar: para que as menções das hashtags sejam registradas, é importante que os perfis dos usuários sejam públicos. 

"Esta é uma corrente que precisa do apoio de todos, dado que esta mudança que estamos buscando passa por toda a sociedade. É importante que os homens reconheçam, se inspirem e, mais do que isso, sejam participantes ativos da construção de um mercado de trabalho mais justo. É por isso que essa iniciativa começa em Stella, mas mobiliza toda a nossa companhia.", complementa a diretora de marketing, que também é responsável por outras marcas de cerveja na Ambev, onde 31% dos cargos de liderança são ocupados por mulheres - e os esforços da companhia estão direcionados para aumentar cada vez mais essa representatividade.

No ar pelo Twitter e pelo Instagram de Stella Artois, a campanha criada pela CP+B Brasil também busca impactar outras lideranças femininas do mercado, inclusive de empresas concorrentes.

Tags: responsabilidade-social | stella-artois | Dia-Internacional-das-Mulheres