Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Shutterstock fecha parceria global com o It Gets Better

Por: Redação.. 23 de Julho de 2021

A Shutterstock, plataforma criativa líder global que oferece soluções completas, conteúdo de alta qualidade e ferramentas para marcas, negócios e empresas de mídia, se uniu ao It Gets Better Project, organização sem fins lucrativos que visa elevar, capacitar e conectar jovens lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, queer intersexuais e assexuais em todo o mundo, para desafiar os estereótipos visuais LGBTQIA+ e fazer com que a diversidade da comunidade seja melhor representada. 

Ao mesmo tempo, a parceria quer ajudar a educar as indústrias de mídia e publicidade sobre o poder da fotografia diversa – seja na frente ou atrás das câmeras.

Leia também: Shutterstock se destaca dos concorrentes.

Para conseguir fazer uma mudança realmente significativa neste mercado, a Shutterstock identificou as imagens LGBTQIA+ mais pesquisadas na plataforma e criou uma enquete, junto aos membros da comunidade It Gets Better, para entender se esses recursos visuais e termos de pesquisa representavam com precisão suas experiências pessoais e as da comunidade LGBTQIA+.

As principais descobertas dessa enquete foram:

- 40,1% dos entrevistados não se sentiram representados como membros da comunidade LGBTQIA+
- Com relação à representação de pessoas LGBTQ+ de raças, cores e etnias, os três principais tipos de histórias e imagens que os entrevistados gostariam de ver compartilhadas foram:
- Cotidiano - 66,1% dos entrevistados
- Família - 52,4% dos entrevistados
- Momentos positivos/edificantes - 51,9% dos entrevistados

As três principais situações em que os entrevistados gostariam de ver maior representatividade LGBTQIA+ foram:

- Eventos familiares - 70,4% dos entrevistados
- Grupo de pessoas/amigos - 64,6% dos entrevistados
- Locais de trabalho - 64,2% dos entrevistados

Quando questionados sobre como as pessoas LGBTQIA+ poderiam ser representadas com mais autenticidade ou que tipos de pessoas precisariam ser melhor representada, as três principais respostas foram:

- Corpos trans e a experiência trans - 81,8%
- LGBTQIA+ de diversas raças, cores e etnias - 76,3%
- Corpos não binários e a experiência não binária - 71,6%

Além de divulgar as descobertas da enquete, a Shutterstock anunciou um fundo de 10 mil dólares para promover a representatividade LGBTQIA+ em seu conteúdo e para apoiar os criadores da comunidade destacando suas experiências, perspectivas e percepções de uma forma que sejam autenticamente ilustradas em sua arte.

“Para a Shutterstock, oferecer um conteúdo inclusivo e que represente diferentes origens, perspectivas e percepções de comunidades ao redor do mundo é a definição de quem somos.”, diz Meeckel Beecher, chefe global de DEI da Shutterstock. 

“É emocionante firmar essa parceria com o projeto It Gets Better para apoiar artistas LGBTQIA+ e ajudar as indústrias de mídia e publicidade a encontrar histórias que representem e validem com precisão as experiências vividas por pessoas LGBTQIA+.”, completa Beecher.

O fundo de 10 mil dólares será concedido na forma de três bolsas-prêmio, sendo cinco mil dólares para o primeiro lugar e dois mil e quinhentos dólares para o segundo e o terceiro lugar. 

Podem se inscrever artistas LGBTQIA+ como fotógrafos, cineastas, videomakers, ilustradores, artistas 3D ou escritores. Os candidatos devem cadastrar seu projeto, exemplos de portfólio e uma breve biografia até às 16h (horário brasileiro) do dia 3 de setembro de 2021 para concorrer.

Os candidatos devem descrever como seus projetos contribuirão para a narrativa sob perspectiva LGBTQIA+. Os vencedores serão selecionados por um painel diversificado de jurados, especialistas nos vários tipos de bolsa que a Shutterstock oferecerá. 

Todos os artistas selecionados também terão acesso a licenciar seus trabalhos, seja via Shutterstock, Shutterstock Editorial, Premium Beat ou OFFSET.

O Create Fund é um fundo de 300 mil dólares anunciado pela Shutterstock em dezembro de 2020 para preencher as lacunas de conteúdo e aumentar a diversidade e inclusão em sua biblioteca e em sua rede de colaboradores. Os três primeiros subsídios oferecidos pelo programa foram:

  • Criando para o clima: Conscientizar sobre a mudança climática global, apoiando artistas que usam seus talentos para retratar mudanças climáticas, protestos ambientais e nossa paisagem em mudança;
  • Apoio à doença invisível: Promover artistas que criam histórias e representações visuais que quebram o estigma em torno da saúde mental, retratando uma visão mais inclusiva da doença mental em todo o mundo;
  • Criativos seniores: Apoiar nossa comunidade de criativos com mais de 50 anos, que tiveram anos para aprimorar sua arte e querem compartilhar suas experiências e perspectivas por meios criativos.

No Dia Internacional da Mulher de 2021, o The Create Fund lançou o "Through Their Eyes" (“Através de Seus Olhos”), um programa de bolsas-prêmio no valor total de 10 mil dólares para patrocinar criadoras sub representadas e não binárias e seus projetos criativos em fotografia, jornalismo visual, vídeo, ilustração, modelagem 3D e escrita. 

Para saber mais sobre a parceria com o projeto It Gets Better, clique aqui.  

Tags: lgbtqia | shutterstock | esg | eu-apoio