Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Nivea apoia projetos de 11 ONGs da comunidade LGBTQIA+

Por: Redação.. 21 de Julho de 2021

Em sinergia com o propósito "O Toque que Transforma e Inspira Conexões", Nivea já está promovendo uma série de ações sociais de cuidado com foco em três públicos prioritários: Idosos e seus cuidadores, mulheres negras da periferia e população LGBTQIA+. 

Por meio de parcerias com ONGs, a marca pretende transformar a vida de milhares de pessoas no Brasil nos próximos anos. Em junho, no Mês do Orgulho LGBTQIA+, a empresa oficializou o apoio a 11 ONGs nacionais de proteção e acolhimento à comunidade LGBTQIA+ que inscreveram os seus projetos na campanha "Sinta o Orgulho na Pele". 

Leia também: Nivea lança produtos edição especial em prol da luta LGBTQIA+.

A marca se uniu à All Out, organização que atua no Brasil e no mundo em defesa dos direitos da comunidade, para selecionar projetos que promovem iniciativas de melhoria, acolhimento, promoção de dignidade e empoderamento de pessoas em situação de vulnerabilidade social e cada ONG selecionada recebeu R$ 15 mil. 

Todo o lucro das vendas da edição especial do Nivea Creme e Nivea Lip Soft Rosé foi revertido para os projetos que têm um objetivo em comum: Transformar a vida das pessoas da comunidade LGBTQIA+. 

"Selecionamos ONGs que caminham junto com o nosso propósito de cuidar e acolher. A importância desses projetos nas vidas das pessoas é imensurável e poder fazer parte e ser um agente de transformação social nos motiva para que essa campanha seja apenas o começo de uma movimentação muito maior.", diz Andréa Bó, diretora de Marketing da Nivea

Anunciadas no Dia do Orgulho LGBTQIA+, 28 de junho, as instituições contempladas estão espalhadas pelo Brasil. "É uma grande satisfação levar o nosso propósito e o nosso cuidado para tantas pessoas.", complementa Andréa. 

Conheça todas as organizações contempladas: 

Casa Miga - Acolhimento LGBT+ (Manaus/AM): Acolhimento e capacitação para pessoas LGBT+ em situação de vulnerabilidade social, incluindo pessoas LGBT+ refugiadas e migrantes; 

AGLTPIN - Associação de Gays, Lésbicas e Travestis de Parintins (Parintins/AM): Atendimento psicológico e cursos de qualificação para pessoas trans de comunidades ribeirinhas; 

Comunema - Coletivo de Mulheres Negras "Maria-Maria" (Altamira/PA): Acolhimento e encaminhamento de denúncias para mulheres LGBT+ negras de comunidades afetadas pela hidrelétrica de Belo Monte; 

Amotrans - PE (Recife/PE): Terapia e assistência em empreendedorismo e cooperativismo para mulheres travestis e transexuais; 

Remonta - Clínica LGBT+ (Aracaju/SE): Atendimento psicológico para pessoas LGBT+ em situação de vulnerabilidade socioeconômica; 

Instituto Sua Ciência (Itajubá/MG): Financiamento para formação científica de jovens LGBTQIA+, com foco em pessoas trans e travestis; 

Casa Neon Cunha (São Bernardo do Campo/SP): Acolhimento psicológico e formação para mulheres trans e travestis em situação de rua e/ou egressas do sistema prisional; 

Instituto Cultural Barong (São Paulo/SP): Entrega domiciliar de medicamentos (antirretrovirais, terapia hormonal, etc.) para pessoas LGBT+ e pessoas vivendo com HIV/AIDS; 

Eternamente Sou (São Paulo/SP): Acolhimento e atendimento psicossocial para pessoas LGBT+ idosas; 

Estrela Guia - Associação em Prol da Cidadania e dos Direitos Sexuais (Florianópolis/SC): Oficinas on-line de escrita de roteiro para audiovisual e editoração para pessoas LGBT+; 

Educatransforma (Porto Alegre/RS): Capacitação em tecnologia, inovação e gestão para pessoas trans de todo o Brasil. 
 

Tags: nivea | lgbtqia | esg