Canal
Mkt Social

Cinerama cria a campanha 'Pipoca do Bem'

Por: Redação. 28 de Maio de 2020

Em meio à pandemia do novo Coronavírus, um dos produtos mais procurados pela população são as máscaras. 

O atual cenário também obrigou as pessoas a mudarem a rotina e o modo de consumo, e, principalmente, alertou para a necessidade de ajudar quem precisa. 

O melhor do marketing social está aqui.       

Pensando nisso, a Cinerama, startup paulista e um dos negócios mais bem-sucedidos da quarentena, que leva o serviço de um cinema premium para dentro das residências, desenvolveu a ação "Pipoca do Bem"

A cada compra de pipoca, uma máscara será doada ao Instituto Brasil 200, organização independente e sem fins lucrativos com sede em São Paulo. 

As máscaras, feitas com 100% de algodão reutilizável e com dupla camada de proteção, serão destinadas aos moradores de rua e pessoas em situação de vulnerabilidade. 

Segundo os idealizadores, estima-se que 450 máscaras sejam doadas por semana. A ação de marketing social terá duração mínima de três meses. 

"Nascemos com o objetivo de melhorar a experiência das pessoas nesse período delicado de isolamento e seguimos pensando em como podemos contribuir cada vez mais.", destaca Antônio Oliva, sócio-fundador do Cinerama. 

Com ticket-médio de R$ 50, Cinerama chegou ao mercado no fim de março e tem como carro-chefe a tradicional pipoca de cinema, preparada e customizada na hora e em diferentes sabores, acompanhamentos e tamanhos de baldes. Além de possuir opções de ‘finger foods’ e refrescos especiais para apreciar um bom filme em casa. 

A compra pode ser efetuada por meio dos aplicativos iFood e Rappi ou via WhatsApp (11) 99016-1131. Durante a campanha "Pipoca do Bem", ao término da compra, que não estabelece um valor mínimo, mas só é válida na compra de pipocas, o consumidor é notificado que está contribuindo com a doação. 

Semanalmente, a organização comunicará a quantidade de máscaras doadas na página oficial do Instagram. 
 

Tags: Responsabilidade Social | Covid-19 | coronvírus | Cinerama | Instituto Brasil 2000