Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Ballet Manguinhos abre cotas de patrocínio

Por: Redação.. 2 de Setembro de 2021

Reconhecido internacionalmente, o Ballet Manguinhos atua há nove anos na comunidade de Manguinhos, Zona Norte do Rio de Janeiro, com aulas de dança e circo para crianças e adolescentes, promovendo inclusão e empoderamento. 

O projeto social utiliza a arte como ferramenta de crescimento, conhecimento, formação e realização profissional. No início, a idealizadora Daiana Ferreira, que faleceu em janeiro de 2021 em decorrência do Covid-19, dava aulas de balé grátis duas vezes por semana em uma igreja, em Manguinhos.

As melhores ações da marketing social estão aqui.

Desde então, tornou-se uma trupe mista de dança de 250 alunos, com duas companhias formais de dança (companhia jovem e companhia infantil), cinco professores profissionais e com a Primeira Bailarina do Theatro Municipal Claudia Mota, atuando como madrinha. A ação social também promove a cultura, por meio da leitura, aos jovens da comunidade.

Atualmente, conta com o patrocínio da fundação norte-americana The Secular Society – que chegou até o projeto social após uma matéria sobre o balé de Manguinhos no New York Times. 

Localizada na Virgínia, a TSS investe em ações educacionais, artísticas, esportivas ou ambientais de diversos países: Argentina, Itália, Nepal, Quênia, Iraque, Madagascar e Paquistão. 

Entre novembro de 2018 e dezembro de 2021, a TSS arcaria não só com a verba necessária para sustentar o projeto, mas também para ampliá-lo e lhe comprar uma sede definitiva. Mas o patrocínio não pode ser renovado. 

Garantir a continuação do legado da Daiana, e fazer com que o Ballet Manguinhos continue realizando o trabalho de levar arte, cultura e empoderamento à comunidade é o atual objetivo da instituição.

Além da busca pelo patrocinador master, o Ballet Manguinhos também lançou a campanha “Adote uma Bailarina”. A proposta do projeto é poder acompanhar a etapa diária de cada aluno, ajudando a formar indivíduos que combinem a arte do balé e a inclusão social, numa comunidade carente. 

Adotar uma bailarina é um ato simples, que se traduz em uma forma poderosa de impulsionar carreiras. Com valores de R$ 90 a R$ 270 através do site doa.re/BM, mensalmente, o doador ajudará com a manutenção de aulas regulares do balé clássico, figurino, lanches e dois kits de uniformes mensais. 

O Ballet Manguinhos também está apto para captar recursos de novos patrocinadores por intermédio dos três projetos aprovados pelo ISS, no qual um deles será para cobrir a manutenção das aulas gratuitas. 

Empresas podem abater até 20% do imposto de renda. (O governo abre mão do imposto, para que ele seja redirecionado para a realização de atividades culturais).

Mais informações sobre o projeto estão no site

 

Foto: Divulgação.

Tags: responsabilidade-social | esg | ballet-manguinhos