Canal
Live Mkt

Setor de eventos da África do Sul apresenta novas medidas para a retomada

Por: Redação com informações EIN. 9 de Setembro de 2020

Os eventos presenciais foram proibidos na África do Sul há cerca de sete meses, antes mesmo de o país ter entrado com um bloqueio mais rígido no final de março.

No dia 3/9, o governo se reuniu com representantes do setor para discutir as condições de reabertura do setor de eventos na África do Sul.

Tudo sobre o mercado de live marketing está aqui.

Leia também: Setor de eventos corporativos tem retorno antecipado em Pernambuco.

A Secretaria de Arte, Esporte e Cultura, que esteve à frente das discussões, disse estar ciente da frustração e dos desafios que são apresentados pelos profissionais e empresas do setor de eventos.

O encontro teve como uma das pautas a discussão de protocolos que permitirão um retorno ao trabalho com segurança para todos os participantes.

Fachada do Centro de Convenções Inkosi Albert Luthuli, em Durban, África do Sul (Foto: Fabíola Musarra’s).

Confira abaixo algumas das solicitações:

- Proibição do uso de bebidas alcoólicas em eventos com mais de 300 participantes.

- Um plano de segurança separado para mil participantes (drive-in).

- Além dos protocolos normais de saúde e segurança, foi proposto o uso de tecnologia como sistemas eletrônicos de monitoramento de capacidade para rastrear quantos participantes estão no evento.

- Nova regulamentação sobre o número de participantes em eventos, atualmente fixada em 50 pessoas levando em consideração o tamanho/área ou capacidade total das instalações e não a restrição atual de 50 participantes, já que não garante que os protocolos de segurança de distanciamento social sejam respeitados.

Tags: live marketing | setor de eventos | retomada dos eventos | indústria de eventos | eventos na África do Sul | retomada dos eventos na África do Sul