Canal
Live Mkt

Plano São Paulo tem nova reclassificação

Por: Redação. 11 de Janeiro de 2021 06:56

Nos meses de dezembro e janeiro, o Estado passou três dias na fase vermelha do plano, a mais restritiva, para conter a disseminação do novo Coronavírus durante o período de festas. 

Por decisão do Governo de São Paulo, no dia 31 de dezembro, os 645 municípios voltaram à fase 1-vermelha. 

Confira as últimas novidades sobre live marketing aqui.

Leia também: Medida do Governo de São Paulo complica a volta das feiras de negócios.

Nesta etapa, funcionaram somente os serviços considerados essenciais nas áreas de abastecimento, segurança, transporte e saúde como mercados, farmácias, postos de combustível, padarias e lavanderias.

Durante a coletiva feita no Palácio dos Bandeirantes na sexta-feira (08), o Governo do Estado de São Paulo anunciou mudanças nos critérios de classificação para mudança de fase, bem como alterações nas normas da fase laranja.

Os critérios para classificação na fase verde e laranja ficaram, agora, mais duros. Antes, para avançar para a fase verde, a região precisava alcançar 40 internações e cinco óbitos a cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Agora, são 30 internações e três óbitos a cada 100 mil habitantes.

Para retroceder para a fase laranja, era necessário que a ocupação de leitos de UTI fosse de 75%. Agora, é de 70%. 

De acordo com o secretário de Saúde do estado, Jean Gorinchteyn, 90% da população paulista está na fase amarela, enquanto 10% estão sob regras mais restritivas.

Foram colocadas nas fases laranja as regiões de Marília, Presidente Prudente e Sorocaba.

Eventos

Uma das alterações nas normas da fase laranja foi a liberação de todas as atividades econômicas que já estavam autorizadas na fase amarela.

Com esta resolução o setor de eventos culturais com público sentado e controle de acesso passa a ser permitidos também na fase laranja.

“Cinemas, museus e teatros têm controle de público e distanciamento com normas bem rígidas e passam a entrar no rol de atividades da fase laranja. Mas é importante lembrar que tanto a capacidade como o horário é reduzido. O funcionamento total permitido é de 8 horas e o limite de funcionamento até às 20h.”, explicou Patrícia Ellen, secretária estadual de Desenvolvimento Econômico.

Uma nova atualização está prevista para acontecer no dia 5 de fevereiro, mas, se houver necessidade, o Comitê Estadual de Enfrentamento da Covid-19 pode reclassificar as regiões.

Tags: live-marketing | eventos | Plano-São-Paulo | mudanças-no-Plano-São-Paulo