Canal
Live Mkt

Evento no Araújo Vianna ensaia volta aos palcos em Porto Alegre

Por: Redação. 15 de Setembro de 2020

“E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e agora, José?” O poema de Carlos Drummond de Andrade traduz bem a realidade do setor cultural desde que a pandemia forçou os cancelamentos de shows em março. 

Pois a luz apareceu no fim do túnel artístico. Ou melhor, no palco de uma das mais tradicionais casas de espetáculos de Porto Alegre, o Auditório Araújo Vianna, no domingo (13). O local recebeu evento-teste oficial visando aperfeiçoar a retomada do setor.

Tudo sobre o mercado de live marketing está aqui.

Leia também: Setor de eventos realiza a maior movimentação conjunta de todos os tempos.

Para o show com o cantor Serginho Moah, o Grupo Live Marketing, idealizador da iniciativa, implementou uma série de medidas para reforçar a segurança sanitária dos convidados, compostos por empresários, autoridades e imprensa. 

Na entrada, um aparelho media a temperatura corporal do público que chegava apenas com a aproximação do pulso. O termômetro também indicava a temperatura ambiente, para facilitar a aferição. 

Espaços de público foram limitados pela segurança dos presentes (Foto: Ricardo Giusti).

Apenas 450 lugares foram liberados para o evento. Para manter o distanciamento entre os convidados, balões amarelos preenchiam os assentos que delimitavam o afastamento de, pelo menos, um metro e meio entre as pessoas, que receberam kits com álcool gel e máscara.

Depois da abertura com a cantora Mariana Bavaresco, o ex vocalista do Papas da Língua entrou no palco como uma criança que ficou muito tempo sem ir na pracinha. 

“Que bom estar de volta, depois de seis meses, neste que é o meu lugar. É a retomada da vida.”, saudou. “Sorte”, de Caetano Veloso e regravada pelo Papas, foi a escolhida para abrir o show. 

“É uma homenagem aos que estão com a gente nesta quarentena e que sempre nos dão sorte.”, contou. Sucessos como “Eu sei”, “Blusinha Branca” e “Vem Pra Cá” foram cantados pelo público. Moah também apresentou “Milhões de Orações”, composta durante a epidemia.

O cantor lembrou que o evento traz esperança não só aos artistas. "É importante também para os donos de casas de eventos e de pubs, restaurantes porque afeta tudo que envolve a classe.", ressaltou. 

Foi com essa premissa que um dos coordenadores do Grupo Live Marketing e sócio-diretor da Opinião Produtora, Rodrigo Machado, explicou a abrangência da demanda, que envolve cerca de 70 setores, prejudicados com a pandemia. 

“Unimos muitas empresas que, apesar de atuações diferentes, perceberam que estão no mesmo barco.”, contou Machado, ressaltando que o evento teve a chancela do Governo do RS e da Prefeitura de Porto Alegre. 

O Grupo Live Marketing agrega aproximadamente 300 empresas da área.

Pensamento no próximo passo

Profissionais devidamente paramentados com equipamentos de proteção individual (EPIs) e preparados para o evento-teste trabalharam para que não houvesse aglomeração, orientando o público sobre os cuidados. 

"Todos trabalharam de forma voluntária. Não entrou um centavo.”, frisou Rodrigo Machado. Os portões laterais permaneceram abertos durante o show para favorecer a ventilação, como rege a Vigilância Sanitária. 

“Não conheço outro evento no país deste tipo que tenha a chancela do poder público.”

Foi após um manifesto publicado nas redes sociais e a adesão das empresas que o trabalho para este princípio de retomada ver a luz. “Não foram só empresas, é o que chamamos de agrupamento CNPJs e CPFs do setor. Todo mundo sugeriu protocolos e enviamos para o governo do Estado.”, lembrou Machado.

O coordenador do Grupo Live Marketing ressaltou o papel do secretário estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão, Cláudio Gastal, com quem o setor se reuniu para tratar do tema, ainda em maio. 

“A arte e a cultura também são questões de saúde. Estamos trabalhando com muita serenidade no governo, sem esquecer de tratar o assunto de forma isonômica, ou seja, sabendo que cidades do interior, que também precisam que os eventos retornem, não terão a mesma estrutura.”, lembrou Gastal, presente ao evento. O secretário municipal da Cultura, Luciano Alabarse corrobora. “Que este evento seja o marco da retomada.”, enfatizou.  

Na sexta-feira (11), a Fiergs sediou um treinamento de protocolos para empresas e profissionais que atuam com eventos. Os protocolos já foram testados recentemente nas cidades de Bento Gonçalves e Gramado. 

O próximo passo será a avaliação de todos estes acontecimentos. Tudo para que a volta aos eventos presenciais aconteça de forma segura.

Tags: evento | entretenimento | live marketing | eventos presenciais | retomada dos eventos | evento em Porto Alegre | retomada dos eventos em Porto Alegre