LIVE MARKETING

LIVE MARKETING

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Eduardo Andrade fala sobre o novo momento da Aktuellmix

Por: Redação.. 6 de Abril de 2021

Em 2021, a Aktuellmix comemora 25 anos com várias mudanças de gestão. Uma delas é o retorno de Eduardo Andrade, mas agora como CEO da agência. 

O executivo tem uma longa carreira de sucesso, tendo 20 anos de atuação no segmento de comunicação. Ele já esteve na Aktuellmix por 5 anos como diretor de negócios, e, recentemente, atuava como head de Marketing na startup Conexa Saúde.

Agora, ele retorna para sua "casa" com um grande responsabilidade, uma vez que entra na fase de modernização da empresa. 

Promoview conversou com Eduardo Andrade para saber mais sobre a visão dele sobre o segmento de live marketing, e como o setor pode enxergar novos horizontes e possibilidades dentro desse novo cenário. 

Eduardo Andrade (Foto: Divulgação).

Promoview: Eduardo, embora a Aktuellmix autorize mídia, os eventos sempre apareceram com destaque e as disciplinas que sustentam o negócio da agência são as ativações de marca e de negócios, os programas de incentivo e as ações de trade marketing. O digital já vinha crescendo, ficou mais complexo, e a pandemia trouxe eventos híbridos. Qual a sua visão sobre o segmento de atuação da AKM neste indefinido segmento da comunicação atualmente chamado de live marketing?

Eduardo Andrade: O live marketing busca em sua essência conectar as pessoas com as marcas de uma forma criativa e genuína. A Aktuellmix sempre diversificou suas atividades. Nosso foco é criar experiências com as diversas ferramentas de comunicação que atuamos. 

Na pandemia, vimos diversas atitudes das marcas se aproximando e conversando com as pessoas, mostrando, inclusive, um cuidado com esse momento do consumidor.

É, para mim, esta a função de uma agência: Ajudar no diálogo, na construção da conversa e conexão dessas marcas, entendendo o momento e a situação das pessoas.

Promoview: Neste contexto, você percebe que a área de marketing das empresas contratantes tem planos e budgets compartimentalizados? 

Eduardo Andrade: Existem investimentos diferentes para todos os tipos de demandas. As áreas de vendas, trade e marketing têm suas metas e necessidades específicas, mas acredito que cada vez mais elas busquem alternativas diferentes para os seus objetivos, deixando de lado os playbooks antigos de comunicação.

Estão todos se conscientizando de que existe um playbook novo de atuação de comunicação, mais leve, mais criativo, mais ágil e eficiente, e que isso pode vir de qualquer lugar.

Existe, sim, uma divisão de investimento ainda, mas as verbas vêm sendo cada vez mais integradas.

Promoview: Talvez não seja o caso da AKM, mas sem dúvida é uma dor para maioria das agências brasileiras neste setor. Com base na sua experiência, Eduardo, o que elas podem fazer para deixar claro ao contratante que (as agências especializadas) podem extrapolar suas atividades? Ou seja, como estimular discussões que promovam uma abertura de horizontes e possibilidades?

Eduardo Andrade: A comunicação está cada vez mais plural e diversificada. Antigas barreiras estão sendo quebradas. As agências especializadas precisam ampliar o olhar e se capacitar para poder entregar mais disciplinas. Hoje em dia, vejo mais vontade do que realmente uma entrega.

O cliente não quer mais discursos (faz tempo, inclusive). Ele quer pessoas e agências que saibam, de fato, resolver os seus problemas com soluções criativas e eficientes.

É como numa corrida. Existem vários tipos de corrida, mas não é porque você é excelente em correr no asfalto que você vai conseguir correr na montanha. Então diga para o seu cliente em que corrida você é realmente bom e leve-o para correr com você.

 

Tags: Entrevista | live-marketing | aktuellmix | mercado-de-eventos | mercado-live