Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Cannes será o primeiro grande evento presencial do cinema após Covid-19

Por: Redação.. 7 de Junho de 2021

Neste ano, a 73ª edição do Festival de Cannes acontecerá entre os dias 6 e 17 de julho, na cidade de Cannes, na França.

Além do grande prêmio em questão, o Palma de Ouro, outro fato atraiu olhares de todo o mundo ao festival: O formato presencial.

Confira as últimas novidades sobre live marketing aqui.

O melhor do entretenimento está aqui.

O período de realização do evento, que teve a edição de 2020 cancelada em virtude da ascensão da pandemia de Covid-19, coincidiu com uma fase de flexibilização das medidas de contenção do Coronavírus no país europeu.

Por isso, na maré contrária das tradicionais premiações da sétima arte realizadas neste ano, como o Oscar e o Globo de Ouro, Cannes não terá realização virtual ou híbrida, e contará com a presença do público no local do festival.

Entre os estudiosos do cinema e os profissionais da área, o formato divide opiniões.

No intuito de que o festival aconteça de forma segura, no ponto de vista sanitário, a organização do evento impôs uma série de medidas que deverão ser adotadas pelos presentes.

Regras para entrada

Para poder acessar o festival, os convidados deverão se adequar a ao menos a uma das três exigências da organização: Apresentar um relatório médico que comprove a aplicação das duas doses da vacina contra Covid a mais de 14 dias; um exame PCR negativo feito em até 48 horas ou uma prova de imunidade por meio de exame feito há menos de 15 dias.

Thierry Frémaux, organizador do evento, afirmou em entrevista ao Deadline que as exibições do festival estarão com capacidade máxima e a orientação é que seja feito o uso de máscara.

“Nesse verão, existe a possibilidade de que possamos não as usar em locais abertos. No tapete vermelho, os artistas e as equipes poderão tirar a máscara mantendo a distância recomendada dos fotógrafos. Nós veremos como vai ser aos poucos.”, reconheceu Frémaux.

Os concorrentes que vierem de outras partes do mundo poderão enfrentar ainda mais protocolos para acessar o evento. A França reabrirá as fronteiras para receber estrangeiros no próximo dia 9, mas com restrições rigorosas.

Cada país está em uma zona de risco: Verde, laranja ou vermelha. Estas delimitações foram definidas de acordo com o controle da pandemia em cada nação. O Brasil, por exemplo, está na zona vermelha, e, por isso turistas brasileiros poderão acessar a França somente em casos de urgência.

Na Zona laranja, onde estão os americanos, por exemplo, não será necessário fazer quarentena ao chegar no país, mas é obrigatório apresentar o exame negativo PCR.

Para os países da Zona verde, como os europeus, será permitida a entrada, desde que os visitantes estejam vacinados.

Tags: cinema | live-marketing | evento | cannes