Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Campus Party é sucesso e aponta para o futuro

Por: Antonio Cervi. 14 de Novembro de 2021

Terminou, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, a primeira edição híbrida da Campus Party Brasil, a maior imersão tecnológica do mundo em Cultura Maker, Blockchain, Empreendedorismo e Internet das Coisas.

O público acompanhou as palestras online nos dias 11 e 12 de novembro. Entre 13 e 15 de novembro a Arena e o Camping também foram abertos e receberam cerca de 3 mil pessoas. Nas plataformas digitais  Youtube, TikTok e Facebook o público foi de mais de 700 mil pessoas. 

edição de 2022 foi anunciada no encerramento do evento. A imersão vai acontecer entre 15 e 20 de fevereiro, também no Anhembi.

O encontro deste ano teve a participação de Aildo Rodrigues Ferreira, Secretário de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, Secretário da Cultura do Estado de São Paulo, Rossieli Soares da Silva, Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Patrícia Ellen da Silva, Secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo, Francesco Farruggia, Presidente do Instituto Campus Party, e Tonico Novaes, CEO da Campus Party Brasil.

“Estávamos bastante ansiosos para esse evento de retomada. Pensamos em uma programação que buscasse entender como a tecnologia está apoiando esse processo de transformação digital que o mundo enfrenta nesse pós-pandemia e os resultados das palestras, workshops e debates foram extremamente profícuos. Para as edições do próximo ano, nosso objetivo é voltar às nossas raízes de antecipar tendências e co-criar experiências de vanguarda em áreas como Exploração Espacial, Metaverso, Energias Limpas, Biohacking e Genoma, Robótica Aplicada e Empreendedorismo”, detalha Tonico Novaes, CEO da Campus Party.

Realmente, metaverso é uma das palavras do momento e a Campus Party está antenada a isso mas o caminho é longo, como afirma Ricardo Queiroz, Head de Inovação da Campus Party. “Eu acho que existe uma curva ainda muito grande de amadurecimento de tecnologia né? Todos esses projetos, o próprio Mark Zuckerberg, quando anunciou o metaverso disse que a gente ainda tem uma curva de quase dez anos para a democratização de plataformas que façam com que o metaverso seja de fato o que a gente pensa que pode ser”, afirma ele.

“Eu acho que o metaverso por si só na essência é aquela utopia que a gente sempre queria de ambientes artificiais no qual eu de fato transfiro a minha essência lá para dentro e posso interagir com diversas marcas sendo eu mesmo em todos esses ambientes. E para onde a gente vai? Para o primeiro modelo do metaverso, começar a provocar essas interações híbridas, presenciais e digitais para que a gente comece a testar. Mas, para que a gente entenda como que isso vai se desenvolver no futuro, acho que ainda é muito subjetivo”, conclui Ricardo.

Confira um pouco do que rolou no evento:

#CPBR13

A #CPBR13 teve mais de 30 palestrantes que se falaram em três palcos presenciais – Refresh your Future, Fábrica de Empreendedores, Campus Jos – e um espaço de Workshop, além de dois palcos virtuais: Joy of Life by Zoe Universidad e New Horizons.

Entre as participações de destaque, estiveram a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo, Patricia Ellen; o empreendedor social e presidente da BeByte, Alex Roger; o embaixador da CPBR, Dado Schneider; o VJ Alexis Anastasious; a mestra em engenharia da computação, Danielle Monteiro; o designer Edu Agni e o sales engineer, Bruno Tarasco

Campeonato de Free Fire

A Campus Party promoveu, em parceria com as ETECs e FATECs, um campeonato de Free Fire Battlegrounds, um jogo de sobrevivência Battle Royale, com o objetivo de sobreviver em um mapa cheio de outros jogadores. A competição teve o apoio do Governo do Estado de São Paulo e a equipe vencedora foi a Team One, que recebeu o prêmio de R$ 5 mil reais. 

Startup 360º e Maratona de negócios

A Campus Party também apresentou nesta edição o Startup 360º, um programa elaborado pelo Sebrae que tem a missão de promover a capacitação das startups, fortalecer o crescimento e dar apoio ao empreendedorismo. Já a Maratona de Negócios tinha o objetivo de preparar equipes/empresas em fase de concepção em vários temas relacionados ao empreendedorismo e à inovação para que elas cresçam e se desenvolvam. Foram, no total, mais de 120 equipes inscritas que participaram com a ajuda de 23 mentores.

Tags: tecnologia | cpbr13 | campus-party