Canal
Geral

<!--:pt-->Zero Hora lança projeto Café ZH <!--:-->

Por: 0 6 de Fevereiro de 2010

Inspirado no conceito de hiperlocalismo, o jornal Zero Hora, de Porto Alegre (RS), inaugura em 25/02, um projeto que pretende reforçar ainda mais o vínculo entre o jornal e seus leitores. É o Café ZH, uma redação montada em um café do bairro Moinhos de Vento, para que os jornalistas possam dedicar o dia a conhecer e ouvir de perto os moradores da região de abrangência do caderno ZH Moinhos.

cafe

Ao longo do ano, o Café ZH poderá passar pelas oito regiões da cidade cobertas pelos cadernos de bairro de Zero Hora. A programação mensal começa com um convite especial aos moradores dos bairros Auxiliadora, Floresta, Independência, Moinhos e Rio Branco. O ponto de encontro será no coração do Moinhos de Vento, no Café do Porto (Rua Padre Chagas, 293). No dia do Café ZH, os jornalistas receberão os leitores a partir das 11hs. Até as 19hs, entre um café e outro, será possível sugerir reportagens, redigir textos, sob a orientação do editor, e oferecer fotos para as diversas seções do ZH Moinhos. Moradores e frequentadores da região também são convidados a discutir pautas e conhecer o funcionamento do jornal. O repórter de ZH também circulará pelos bairros de abrangência do caderno para buscar assuntos e relatos da comunidade, além de produzir fotos e vídeos. Também estão previstos para o dia do Café ZH a participação ativa dos blogueiros do suplemento e uma atualização ao vivo para a internet. Hiperlocalismo O projeto Café ZH é inspirado na proposta desenvolvida pelo jornal Nase Adresa em quatro regiões da República Checa. No exemplo do Nase Adresa, a empresa estrutura um café no centro de uma cidade e coloca a redação trabalhando diariamente no local, onde são recebidos sugestões de pautas e material fotográfico dos moradores.

Tags: