Canal
Geral

O primeiro dia do júri de P&A no @cannes_lions

Por: 0 16 de Junho de 2011

A revista Campaign divulgou há pouco as anotações do "Diário de Warren Brown", presidente do júri de Promo & Activation (P&A). Com muito bom humor, o diretor criativo da BMF Austrália comentou, após o primeiro dia de julgamento, que "gosta de ver os trabalhos de Promo e Ativação como crianças mimadas que querem chamar a atenção". Isso porque as ações da disciplina buscam atiçar a curiosidade e entregar impacto relevante com muita agilidade num curto espaço de tempo, o que torna-se um grande desafio à criatividade.

[caption id="attachment_96577" align="aligncenter" width="299" caption="Warren Brown, fundador da agência BM&F e Presidente do Júri de Promo & Activation."][/caption] De acordo com Brown, os juris de Cannes são compostos por um mix de talentos criativos provindos de todos cantos do mundo, à exceção da China - apesar de acreditar que é uma questão de tempo para que isso mude. Para ele, o que torna o evento único e garante-lhe indubitável credibilidade, é o olhar dispensado para todas as formas de criatividade envolvidas em uma ideia de comunicação. [caption id="attachment_122168" align="aligncenter" width="560" caption="Fernando Figueiredo analisando cases no Palais"][/caption]
Aparentemente o que está mantendo o júri feliz dentro da sala de julgamento sem vontade de ir para a beira da praia são algumas ideias inovadoras e não aquelas apresentadas como "superideias de proporções globais". Entretanto, ainda há muitos cases cujas apresentações mostram-se mais pretenciosas do que os resultados demonstrados. Para o segundo dia, o presidente do júri afirma que não devem haver grandes surpresas novamente.

Tags: