Canal
Geral

Você vai cuidar do perfil da empresa. E agora?

Por: 0 22 de Abril de 2011

Daniela Machado É comum encontrarmos textos na internet explicando como funcionam as mídias sociais e as regras que devemos seguir para fazer parte delas. Mas você já parou para pensar no conteúdo que vai gerar se divulgar nestes espaços? Certamente a resposta será sim, porém surge a dúvida: como fazê-lo? Em muitos perfis corporativos vemos apenas promoções relacionadas aos produtos e serviços oferecidos pela empresa, ou a atuação de um SAC on-line.

As mídias sociais, assim como os meios de comunicação tradicionais, devem transmitir informações relevantes para os seus leitores. Nunca esqueça que além de ser a voz da empresa sobre o que ela faz e vende e de se relacionar com os consumidores, os perfis digitais corporativos atuam com a fidelização da marca e podem virar referência de conteúdo. Seguem algumas dicas de como atingir esses resultados:
  • A primeira coisa a fazer quando se cria um perfil corporativo em qualquer site de rede social – Twitter, Facebook, Orkut, YouTube, etc.- é entender o seu público. Se a empresa tiver alguma pesquisa de públicos, a resgate e se debruce sobre ela. Caso não tenha esse aliado, procure fazer você mesmo a pesquisa. Converse com os diretores e com os funcionários que possuem mais tempo de casa; pesquise nos principais buscadores e nas mídias sociais o que está sendo falado sobre a sua empresa e sobre o mercado de atuação dela.
  • Após entender o seu público, estude como a concorrência está se posicionando no espaço on-line. Faça um comparativo entre as marcas levando em conta a frequência de atualizações, geração de conteúdo próprio, conteúdo sugerido de outros sites, interação, linguagem utilizada e parcerias.
  • Gere conteúdo próprio, mostre que você tem expertise. Crie um blog corporativo e explore este canal com informações sobre a empresa, seus lançamentos e esclarecimentos; faça promoções e concursos culturais com os seus leitores; integre o blog com as mídias sociais; inclua o blog na sua estratégia de links patrocinados; faça um levantamento de blogueiros e formadores de opinião que podem vir a serem seus parceiros na divulgação de conteúdos.
  • Divulgue informações exclusivas sobre a empresa nas redes e indique conteúdos interessantes de outras fontes de informação.
  • Dialogue sempre. Talvez você não vá receber bom dia dos seus seguidores na primeira semana que estiver nas mídias sociais, mas com o tempo eles verão que a marca se faz presente e começarão a interagir. Por isso, dê Follow Friday (#FF) no Twitter todas às sextas-feiras, curta fotos e assuntos que achar relevante no Facebook e interaja nos fóruns da marca no Orkut. Mostre que a empresa é madura o suficiente para receber críticas e que tem opinião própria.
  • Responda publicamente as dúvidas e reclamações. Não adianta mandar respostas por mensagens privadas, tampouco apagar as reclamações publicadas no mural da empresa no Facebook, nas comunidades do Orkut ou em forma de comentário no blog. Se o consumidor estiver extremamente insatisfeito com a marca ele vai fazer com que, de alguma forma, os amigos dele saibam do seu problema e este buzz negativo é ainda pior. A transparência deve vir sempre em primeiro lugar.
  • Peça sugestões de assuntos para os amigos da marca nas mídias sociais e responda aos comentários deles sobre suas publicações.
  • Esteja sempre atualizado sobre as novas tecnologias e a linguagem voltada para a Web. Leia livros, blogs, sites de notícias, participe de palestras e converse com outros profissionais da área de social media sobre os mais variados assuntos que estejam relacionados com conteúdo digital.
Um bom conteúdo é fruto de muita pesquisa, estudo e diálogo. Se você mostrar que a marca realmente entende do assunto que se propõe, certamente irá ganhar mais relevância nas buscas orgânicas e será indicado como fonte de informação. Afinal, o conteúdo também gera fidelização. Daniela Machado/Webinsider.

Tags: