Canal
Geral

Village Motel promove Maratona da Criatividade

Por: 0 1 de Janeiro de 2013

Publicado originalmente em 13/09/12. Uma competição inusitada foi elaborada pela agência Abelha Rainha em Ribeirão Preto (SP) para o cliente Village Motel, cujo objetivo era encontrar o casal mais apaixonado da região.

Inspirados nas Olimpíadas de Londres, a agência criou a "Maratona Village",  que avaliou várias modalidades dos casais inscritos, mas a grande surpresa estava na prova final: 42 dias ininterruptos de amor. Foi uma verdadeira maratona dividida em etapas, na qual as duplas responderam primeiramente às perguntas de um quiz, depois, quem acertasse todas as questões iria automaticamente para a próxima fase, que consistia em enviar uma resposta para a pergunta: “Por que nós devemos ser escolhidos para participar da Maratona Village?”. As frases passaram por uma avaliação criteriosa do Oráculo do Sexo – personagem criada pelo motel para estimular discussões sobre saúde sexual, uma espécie de ‘guru’. Os dez casais autores das criações mais originais ingressaram na competição. Na última semana, quatro casais disputavam a primeira colocação, o desempate aconteceu de acordo com o “nível de barulho”, medido pela movimentação dos perfis dos apaixonados criados na página do Village Motel, no Facebook.

O casal campeão foi contemplado com R$ 4.000,00, um ano de motel grátis e troféu. O segundo mais resistente levou R$ 1.500,00 e o terceiro R$ 750,00. Segundo Rafael Pacca, proprietário do Village, uma ação de marketing promocional criativa e irreverente como esta combina com a característica do público que frequenta o motel, formado, em sua grande maioria, por jovens que anseiam por novidades. “A Maratona aconteceu simultaneamente à Olimpíada de Londres e foi um sucesso. Ações diferenciadas e a interação da rede com seus clientes são o nosso principal objetivo”, diz Pacca. O idealizador da disputa, Matheus Arcaro acredita que o sucesso está na originalidade da ação promocional. “Essa competição provou que é possível ser criativo para um motel sem lançar mão de apelações, e, ainda, sem custos exorbitantes”, comenta Arcaro.

Tags: