Canal
Geral

Vamos apagar as luzes hoje?

Por: 0 26 de Março de 2011

A Hora do Planeta começou em 2007, apenas em Sidney, na Austrália. Em 2008, 371 cidades participaram. No ano passado, milhões de pessoas em mais de quatro mil cidades de 88 países apagaram as luzes. Monumentos e locais simbólicos, como a Torre Eiffel, o Coliseu e a Times Square, além do Cristo Redentor, o Congresso Nacional e outros, ficaram uma hora no escuro. Além disso, artistas, atletas e apresentadores famosos ajudaram voluntariamente na campanha de mobilização. [caption id="attachment_104515" align="aligncenter" width="580" caption="A cidade de Sidney, na Austrália, foi a primeira a apagar suas luzes em adesão à Hora do Planeta (Foto: Reuters)."][/caption] Promovida pela WWF, organização não-governamental dedicada à conservação da natureza, neste sábado (26/03), ocorre a edição 2011 da "Hora do Planeta". Empresas, instituições públicas, universidades e residências vão se mobilizar e apagar suas luzes das 20h30 às 21h30, como forma, ainda que simbólica, como alerta para a preservação de recursos naturais. [caption id="attachment_100091" align="aligncenter" width="580" caption="O Rio de Janeiro aderiu à Hora do Planeta em 2010."][/caption] A Hora do Planeta é uma iniciativa global, destinada a promover ações onde governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com as questões climáticas.  Em 2010, a Hora do Planeta reuniu cerca de um bilhão de pessoas em 4.200 cidades, em 125 países. Por aqui, a iniciativa tem patrocínio do Banco do Brasil, Coca-Cola, HSBC, Rossi e Tim. A ONG também lança a "60+", plataforma de mobilização para envolver pessoas em ações concretas que levem à mudança de hábitos cotidianos. "A ideia é esclarecer e influenciar os brasileiros sobre a importância da separação e reciclagem do lixo, envolvendo governos, empresas e cidadãos, para que o ideal da Hora do Planeta alcance todos os dias do ano", explica João Gonçalves, coordenador de projetos especiais da WWF-Brasil. Rossi Como prova de seu comprometimento com ações de responsabilidade social, a Incorporadora e Construtora Rossi, está entre as mais de duas mil empresas que apoiarão a Hora do Planeta 2011. A ação será realizada no dia 26/03, das 20h30 às 21h30 (horário de Brasília). Empresas, instituições públicas, universidades e residências vão se mobilizar e apagar suas luzes, como uma forma, ainda que simbólica, de alerta para a preservação de recursos naturais. A Hora do Planeta deve envolver mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo. Este ano, a Rossi desenvolveu uma série de ações para participar da campanha. Cada colaborador ganhará uma lanterna recarregável por meio de dínamo - ferramenta que dispensa a utilização de pilhas e energia elétrica, para recarregar a bateria. As iniciativas têm como objetivo mobilizar o maior número de pessoas para colaborarem com a Hora do Planeta. “Queremos estimular a participação de todos que mantêm relacionamento com a Rossi para conscientizá-los de que a nossa casa não é somente o lugar em que moramos, mas é o mundo em que vivemos”, explica a gerente de Marketing Institucional da Rossi, Vivian Cukier. A Rossi também criou um hotsite, no qual o visitante pode treinar como fazer para salvar o planeta no dia 26, apagando uma luz virtual. Uma frase de comando incentiva a pessoa a clicar em um interruptor que aparece ao entrar no site. Ao acioná-lo, é apresentado o conceito da Hora do Planeta. Além disso, será disparado e-mail marketing para colaboradores, clientes, investidores, analistas, sócios e fornecedores. A empresa também terá banners e cartazes nos escritórios e nos seus pontos de venda em todo o País. Usando o colaborador para divulgar esta ação pelo País, a empresa premiará com uma viagem o profissional que indicar a ação para o maior número de pessoas. Na página da Rossi no Twitter também serão inseridas mensagens relacionadas à causa e os seguidores acompanharão a contagem regressiva.

Tags: