Canal
Geral

Usain Bolt doa um par de suas sapatilhas para a Nissan

Por: 0 21 de Agosto de 2014

O multicampeão olímpico e mundial Usain Bolt doou para a Nissan do Brasil um par de suas sapatilhas para contribuir com ações de responsabilidade social apoiadas pela empresa. O equipamento foi entregue para François Dossa, presidente da Nissan do Brasil, durante a estada do velocista no Rio de Janeiro para disputar o desafio Mano a Mano, que foi patrocinado pela empresa e aconteceu neste fim de semana. As sapatilhas, que foram autografadas por Usain Bolt, estão sendo leiloadas em uma ação beneficente da Nissan com renda totalmente revertida para a Andef (Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos), que é uma das maiores entidades do País voltadas ao atendimento de pessoas com necessidades especiais por meio de atividades esportivas e educacionais.

Foto: Divulgação/Nissan.
Usain Bolt 1 O leilão é on-line, supervisionado pelo Instituto Nissan e conduzido pela Superbid, empresa especializada neste tipo de atividade, em um link exclusivo para a ação de marketing sustentável. A ação segue a legislação brasileira e terminará no dia 28 de agosto de 2014 às 21h, pelo horário de Brasília. Serão aceitos lances inclusive de outros países. Os lances começam com o valor de R$ 1.000,00 e para participar o interessado deverá se cadastrar no site da Superbid. Como a Andef não aceita doação em dinheiro, só em equipamentos, todo o valor arrecadado será usado para a compra de itens previamente indicados pela associação, como: cadeiras de rodas, lift guincho e balança para cadeirantes, entre outros. "Em pouco mais de um ano de existência, o Instituto Nissan já desenvolveu várias parcerias de sucesso com diferentes entidades sociais no Brasil e é uma honra para nós contar com o apoio do mito das pistas, Usain Bolt, para contribuirmos com um projeto que trabalha para a inclusão por meio do esporte. Acreditamos no potencial social e esportivo dos portadores de necessidades especiais, por isso que patrocinamos, além dos Jogos Olímpicos, também os Jogos Paralímpicos Rio 2016", afirma François Dossa, presidente da Nissan do Brasil. Usain BoltBolt, que venceu o desafio Mano a Mano no dia 17/08, é multicampeão olímpico e mundial dos 100, 200 metros rasos e do revezamento 4X100 m, é o embaixador mundial do superesportivo japonês GT-R e desde 2012 ocupa o posto de "diretor global de Excitement" da Nissan. Este cargo honorário relaciona o superatleta ao posicionamento da marca, que tem como slogan "Innovation that Excites".

Andef

A Andef foi fundada em 31 de agosto de 1981 na cidade de Niterói, no Estado do Rio de Janeiro. Em 2002, foi inaugurada a nova sede da Associação no bairro do Rio do Ouro, na mesma cidade. Com essas instalações, a Associação pôde ampliar o seu atendimento a pessoa com deficiência e assim melhorar a sua qualidade de vida e a comunidade do entorno com mais atividades esportivas e educacionais. Hoje, são oferecidas aulas de judô, futebol, capoeira, natação, hidroginástica, dança e reforço escolar gratuitamente. Em parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), a Andef treina crianças e jovens para que disputem competições nacionais e internacionais como mundiais e os Jogos Paralímpicos. A associação é uma das maiores organizações do País pela infraestrutura que oferece tanto para o lazer quanto para os atletas paralímpicos de alto rendimento. Na Associação são desenvolvidas 13 modalidades voltadas para atletas com deficiência entre elas o rugby e basquete em cadeira de rodas, vôlei paralímpico, futebol de 7 (PC) e para amputados, natação, atletismo, tiro com arco, dança, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, bocha e halterofilismo.

Instituto Nissan

Com a intenção de ser a mais brasileira das marcas japonesas, a Nissan investe também para estar cada vez mais ao lado dos brasileiros no dia a dia. Para tanto, busca contribuir com o desenvolvimento social e cultural da sociedade por meio de diferentes ações e apoios. O Brasil, por exemplo, é o primeiro país do mundo onde a empresa criou um instituto dedicado a projetos de responsabilidade social: o Instituto Nissan. Ele tem como presidente de honra o CEO Mundial da Nissan, Carlos Ghosn, e apoia projetos que atingem diversas faixas etárias, desde o nascimento até a idade adulta, o que inclui as famílias das crianças, adolescentes e jovens que fazem parte dos projetos. Constituído em julho de 2013, o instituto já apresenta resultados concretos, atingindo aproximadamente um público direto de 17.000 pessoas, em projetos sociais nas áreas de meio ambiente, mobilidade e diversidade, com o foco de educar e sensibilizar a comunidade envolvida. Atualmente, o Instituto Nissan apoia, por exemplo, o projeto Miratus, que atua na comunidade da Chacrinha, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, e ensina badminton para crianças e jovens. Ele foi fundado em 1998 com o objetivo de promover, por meio da prática esportiva – no caso, o badminton –, atividades físicas, educativas e sociais, visando a inclusão social, a integração, ações preventivas de saúde, educação, além da oportunidade da descoberta de novos talentos. O instituto também contribui para a construção de um Centro de Saúde que proporciona qualidade de vida e bem-estar através de práticas integrativas e complementares na instituição Casa do Zezinho, em São Paulo. Nela, as crianças e jovens, suas famílias e a comunidade local do bairro Capão Redondo, participam de atividades educacionais de combate e prevenção às drogas, gravidez precoce, uso de bebidas alcóolicas e também são assistidos por serviços como reflexologia, aromaterapia, homeopatia, massoterapia, fitoterapia, shiatsu, entre outros. Em Resende (RJ), onde fica seu novo Complexo Industrial, o Instituto Nissan desenvolve o seu projeto mais marcante. Em parceria com a prefeitura local, constrói um Centro Municipal de Educação Infantil. A escola contribuirá para diminuir o déficit de vagas para crianças de zero a cinco anos e 11 meses de idade. Será uma escola modelo, com ensino integral e de alto nível.

Tags: