Canal
Geral

Universidade de Brasília sedia o Training Camp

Por: 0 15 de Agosto de 2014 03:36

Atletas de saltos ornamentais de todo o País participam, na Universidade de Brasília (UnB), de uma série de treinamentos estratégicos para os Jogos Olímpicos de 2016. O 1° Training Camp, no Centro de Excelência em Saltos Ornamentais da UnB, começou no dia 07 de agosto e vai até o dia 18. É a primeira vez que os atletas se reúnem em um evento como esse, e o objetivo é se preparar para as Olimpíadas. De acordo com Gabriel Serra, técnico do Centro de Excelência da Universidade de Brasília, a ideia do evento é que atletas que estão participando sejam selecionados para os Jogos Olímpicos de 2016.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil.
[caption id="attachment_413866" align="aligncenter" width="562"]Atletas de saltos ornamentais de todo o país participam, na Universidade de Brasília (UnB), de uma série de treinamentos estratégicos para os Jogos Olímpicos de 2016. Atletas de saltos ornamentais de todo o País participam, na Universidade de Brasília (UnB), de uma série de treinamentos estratégicos para os Jogos Olímpicos de 2016.[/caption]   “Todos eles têm condições de chegar, então é esse grupo que a gente está querendo unir mais, para poder achar os saltadores certos. Eles vão participar aqui de várias atividades, todo mundo treinando junto para montar bem um time para 2016”. Durante a semana, os atletas fazem aulas de balé, preparação física mais específica e também podem praticar todos os dias, durante três horas, divididas pela manhã e a tarde, treinos específicos com os preparadores do Centro de Excelência da Universidade de Brasília. Os atletas têm ainda os treinos livres com seus técnicos. Além de participar de cursos, eles aproveitam o espaço do centro, considerado um dos melhores do país na modalidade. Para o treinador Edmundo Real, que acompanha duas atletas da Paraíba, o evento está sendo importante pelo contato com outros profissionais, outros técnicos e outros atletas. "A Austrália é hoje um dos primeiros países nos saltos ornamentais, com uma experiência, uma bagagem muito grande. Então, o conferencista responsável pela equipe australiana mostrou um trabalho muito bom que é feito com a equipe. Estamos aproveitando ainda para treinar com todo o grupo brasileiro”, disse Real. Os atletas e os treinadores participaram, nos primeiros dias do Traning Camp, de um curso com a presença do técnico mexicano Chava Sobrino que, desde 1995, está à frente da seleção australiana de saltos na água. A seleção australiana de saltos ornamentais também esteve no evento, orientando os atletas brasileiros. O curso foi organizado pelo Ministério do Esporte e a Federação Brasileira, com a parceria da UnB.
Fonte: Agência Brasil.

Tags: