Canal
Geral

Turismo no Amazonas desperta interesse dos europeus

Por: 0 4 de Dezembro de 2013

O início da rota Manaus – Lisboa, que será inaugurado no dia 03/06/14, pela portuguesa TAP Linhas Aéreas já começou a estimular o turismo no Amazonas. Operadoras de turismo de países como Espanha, França e Portugal vieram a Manaus para prospectar negócios com redes hoteleiras e empresas de cruzeiros fluviais para vender o destino Amazônia a turistas europeus. O dono da Brésil Aventure, o francês Jean Fraçois Lecomte, que há 13 anos criou a agência em Marseile, na França, apenas para explorar o turismo nas praias brasileiras, viu com o voo a possibilidade de incrementar os negócios em Manaus. [caption id="attachment_345945" align="aligncenter" width="533"] Hotéis de selva são um dos pontos turísticos que os investidores querem explorar no Estado (Foto: Divulgação).[/caption] “O serviço que oferecemos vai desde passeios de bugue pelo litoral nordestino até viagens de barco durante uma semana pelo Rio Tapajós. Com a possibilidade de mais turistas virem a Manaus por conta do voo, achei importante saber quais as opções a cidade apresenta, no caso de meus clientes desejarem explorar o destino”,  frisou. Entre os potenciais que podem ser empreendidos, o empresário destacou hotéis de selva, cruzeiros fluviais e viagens que oferecem curso de sobrevivência na selva. “Ouvi várias propostas e após análise de cada uma, pretendo estabelecer parcerias com as empresas que demonstrarem interesse. A ideia é que até junho de 2014, tenhamos um produto turístico formatado da Amazônia para vender ao turista da Europa”, ressaltou. A operadora de turismo portuguesa Viagens Abreu também está interessada no destino amazônico. O diretor da empresa, José Manuel Ferraz, mesmo sem detalhar, adiantou que já possui uma quantidade significativa de reservas fechadas para o voo inaugural da TAP. “Com essa procura antecipada, vimos que era preciso oferecer pacotes interessantes, para comercializar o destino e não apenas a passagem aérea. Queremos que o Amazonas deixe de ser uma escolha pontual dos nossos clientes e passe a ser uma de suas preferências”, projetou Ferraz.  

Tags: