Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Tintas Coral e NET promovem mutirão na Santa Marta

Por: 0. 20 de Maio de 2014

Tintas Coral e a NET firmaram parceria para revitalizar as fachadas das casas dos moradores da comunidade Santa Marta, no Rio de Janeiro. A iniciativa integra o projeto socioambiental “Tudo de cor para o Rio de Janeiro – Santa Marta”, presente na comunidade carioca há um ano e meio, e, desta vez, contou com a participação de 40 colaboradores da NET que atuaram como pintores voluntários no local, no dia 17/05. Desde novembro de 2012, o “Tudo de cor para Rio de Janeiro – Santa Marta” realizou 28 mutirões, que atraíram 780 voluntários brasileiros e estrangeiros.

Foto: Ivanildo Carmo.
[caption id="attachment_397096" align="aligncenter" width="562"]Voluntários da NET se uniram ao Tudo de Cor na ação de marketing sustentável. Voluntários da NET se uniram à Tintas Coral na ação de marketing sustentável.[/caption] “Faz parte do DNA do projeto ‘Tudo de cor para você’ o compromisso de estabelecer parcerias com comunidades, instituições, ONGs. Neste mutirão na comunidade, fizemos a primeira parceria local com outra empresa privada. A oportunidade de trazer colaboradores da NET, que possui um programa corporativo na área de voluntariado, foi uma conquista para o projeto”, afirma Marcelo Abreu, líder do projeto “Tudo de cor para você” e gerente de Marketing Institucional da AkzoNobel. O “Tudo de cor para Rio de Janeiro - Santa Marta” vem modificando a paisagem da favela Santa Marta. Em um ano e meio de projeto, 227 edificações do morro já tiveram suas fachadas transformadas. Em 2010, a Tintas Coral implementou um projeto piloto na comunidade com a pintura de 34 casas e da quadra da escola de samba, localizadas na Praça do Cantão. Com o sucesso da experiência, a Coral criou uma edição especial do projeto e o “Tudo de cor para Rio de Janeiro - Santa Marta”, que vem sendo colocado em prática desde o final de 2012. A comunidade Santa Marta, que existe há aproximadamente 80 anos, é uma área emblemática para a Capital fluminense. Em dezembro de 2008, foi a primeira a receber a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).        

Tags: