Canal
Geral

The Group enfatiza conceito digital live na sua estratégia

Por: Redação 8 de Fevereiro de 2017

Lançada há 21 anos, a The Group Comunicação está adotando o conceito digital live, que materializa, na avaliação do fundador Fernando Guntovitch, a fusão do antigo below the line com as modernas técnicas digitais, que exigem novo modus operandi. Uma ação num ponto de venda pode ser expandida para as redes sociais e com a possibilidade de feedbacks instantâneos, que permitem a correção de rotas.

“Antes do digital tínhamos de aguardar pelo menos três meses para traçar um novo caminho; agora, em apenas algumas horas, reformulamos a estratégia. O digital combina comunicação com pesquisa e isso muda tudo”, diz Guntovitch. “Também possibilita um ponto de vista oxigenado, soluções exclusivas, como monitoramento de PDV via wi-fi, conteúdo de vídeo personalizado por geolocalização, horário, necessidade, ferramentas de antifraude para mídia programática e diversas plataformas de automização e controle para CRM (Customer Relationship Management)”, ele acrescenta.

Guntovitch explica, porém, que o digital live é mais do que um conceito. “No cenário que estamos inseridos, ser ‘digital live’ é quebrar com os padrões do passado e criar com base no futuro. É estar presente tanto na operação do evento quanto na cobertura dele via social media e hashtags, esse movimento é natural e já vem acontecendo. Entretanto, as empresas ainda separam briefings e ações em fases e a nossa ideia é conectar os pontos para que a entrega seja completa e pensada com um olhar 360º não só no live nem apenas digital, mas contemplando a união destas duas formas. Hoje está no nosso DNA pensar no todo sem fragmentos, nos colocando como público-alvo e propagadores de ideias e forma de viver, juntando tecnologia e ativação”.

Com esse ferramental, o redirecionamento fica com perfil mais estratégico e em sintonia com as diretrizes mercadológicas da agência e do anunciante. “Se vemos uma ação performando melhor que outra, mudamos a rota, conseguimos checar e alterar o plano com a ação ocorrendo. A proposta é trabalhar agilidade com propósito, sendo assim o digital live é estrategicamente mais tangível e positivo uma vez que fomenta a aproximação das marcas de seus públicos on e offline. Com a evolução da tecnologia, o relacionamento com os stakeholders não se contenta apenas na entrega de um evento e sim na habilidade de promover esse diálogo contínuo entre o universo real e o virtual, tendo em vista que há uma conexão interdependente entre o digital e o live e, unidos, eles têm maior impacto e força”.

A The Group utiliza a parceria que mantém com a holding independente WPI (Worldwide Partners) para importar mecanismos como os de antifraude. “No passado, o valor em fraudes digitais foi estimado em aproximadamente US$ 7,2 bilhões. Com o aumento das operações online, o número de hackers também cresceu e, diante desse contexto, foram desenvolvidos mecanismos antifraude. Com essa ferramenta, melhora a conversão e a torna mais segura, ‘limpando’ impressões fraudulentas e detectando ameaças baseado em histórico de evidências. A operação é realizada via tag, adserver, black-list e dados. Por meio de um processo automático de geolocalização, também conseguimos incluir em vídeos do YouTube conteúdos personalizados de acordo com a localização do usuário”, finaliza.
 

Tags: Agencia Digital | Profissional de Mídia | Telefonia/Internet/Tecnologia