Canal
Geral

<!--:pt-->Sustentabilidade: Ampro apresenta recomendações<!--:-->

Por: 0 23 de Junho de 2009

O Comitê de Governança e Sustentabilidade da Ampro está sugerindo para  as agências de marketing promocional sugestões para posicionamento e atitudes das mesmas perante o mercado. Veja: " Considerando a sociedade, a economia e a ecologia do macroambiente em que exercemos nossas atividades profissionais, tornou-se efetiva a necessidade de  transformar em prática o que sempre se pontuou como uma reflexão sobre o efeito  de nossas atitudes (aproveitamento dos recursos naturais, aquecimento global,poluição, consumo) na realidade das próximas gerações. A questão da sustentabilidade, pauta urgente e de âmbito mundial, faz parte de decisões corporativas e já se transformou em atributo de branding para diversas marcas.  Desta forma, a comunicação mercadológica, com seu potencial estratégico, deve se  estruturar para atender as novas demandas por táticas, formatos, serviços e produtos que sirvam adequadamente a esta causa, provendo de conteúdo e de ferramentas as empresas parceiras, sejam clientes, fornecedores, agências, estudantes e colaboradores, de forma que todos possam, na interdependência com a qual todas as nossas ações convivem, multiplicar os canais de comunicação para  transformar este processo sustentável em algo verdadeiramente efetivo." logo-ampro Sustentabilidade do Marketing Promocional na Visão da Ampro A atuação da Ampro, enquanto entidade Nacional, com capilaridade  Regional, por intermédio de seus Capítulos e Diretorias aborda o tema Sustentabilidade após a prática desenvolvida em seu capítulo do PR/SC ,  por meio do projeto PromoSustentável . Um conceito criado para estabelecer com o mercado e com os associados um diálogo, em 2007, na busca de atitudes  responsáveis no mercado promocional determinando como competir com consciência,criatividade e atitude em mercados ágeis. A experiência permite afirmar que a produção de conhecimento necessária para o setor deve estar pautada na interação entre agências, empresas, órgãos públicos e sociedade. Esta prática consolida a criação de um Comitê, como espaço ampliado na  construção de conhecimento com a plena responsabilidade que a Entidade tem em trazer o tema para o centro dos negócios. Estes procedimentos denominados de regras práticas podem favorecer as decisões e o reforço é de que pequenas ações têm amplitude num tema onde o estratégico é agir local e pensar global, consolidado nos termos Consciência, atitude e criatividade"

  • Conheça a Política de Sustentabilidade de sua Empresa e saiba como sua organização trata o tema e contribua para este processo. Pense, estimule, defenda, fomente e aplique.
  • Planeje suas atividades para que você alcance seus objetivos sem desperdícios financeiros e ambientais. Fixe parâmetros, metas e controles.
  • Repense e reinvente a sua maneira de planejar e produzir uma ação promocional, visando não só os benefícios econômicos, mas também os  impactos sociais e ambientais.
  • Agregue valor social e ambiental ao seu projeto.
  • Envolva seus parceiros, buscando o comprometimento de sua equipe, de outras áreas de sua empresa e de seus fornecedores para que todos trabalhem de forma sustentável.
  • Integre a sustentabilidade em seu dia a dia, aplicando para si os conceitos que divulga.
  • Busque a melhoria contínua. A busca por sustentabilidade exige uma revisão constante das atividades, de forma a adaptá-las a padrões cada vez mais altos de sustentabilidade.
  • Respeito dentro da empresa, como norte da relação com os funcionários. Respeito aos públicos externos que com a empresa se relacionam.
  • Resguarde os direitos e dissemine os deveres daqueles que atuam no setor.
  • Comunique suas boas práticas na mesma proporção que consegue realizá-las.
  • Adote uma identidade clara, dotada de valores, que orientam seus objetivos, crenças e atuação. Os valores lhe conferem um propósito que excede o negócio.
Regras nas Relações Externas Seja honesto e transparente na prestação de informações. Dê informações claras, baseadas em fatos e intenções verdadeiras.
  • Prestação de contas. Comunicação de dados usados na elaboração de planos para demonstrar a sua viabilidade e necessidade; comunicação dos resultados obtidos na execução de projetos.
  • Utilize linguagem e discurso preocupados com os impactos gerados nas emoções e convicções do público-alvo. Empregue tom sincero, próximo, informal, humilde e inclusivo para comunicar informações atinentes a fatos verdadeiros e planos viáveis.
  • Divulgue e estimule atividades que adotem os mais altos padrões éticos e de sustentabilidade social e ecológica.
  • Dissemine os conceitos de governança e sustentabilidade;
  • Paute suas ações por uma visão de longo prazo.
  • Conheça e procure incorporar as necessidades de todos os grupos impactados (stakeholders) na sua ação promocional. Em toda ação outros grupos são afetados, além do cliente e consumidor. Pense a empresa como ente social cujas atividades geram conseqüências para si e para outros
Fontes: Idea Socioambiental (parcial) e Comitê de Governança e Sustentabilidade da Ampro.

Tags: