Canal
Geral

Stephen Ross quer uma 'fatia' da Fórmula 1

Por: 0 29 de Junho de 2015

A notícia de que o empresário americano Stephen Ross se articula para comprar 35,5% da Fórmula 1 vem agitando não somente os bastidores esportivos, mas também o mundo financeiro. Dono da RSE, controladora do time de futebol americano Miami Dolphins, Ross teria se unido com a Catar Sports, dona do Paris Saint-Germain, para investir até US$ 8 bilhões na empresa. A fatia é da CVC Capital Partners que pretende se desfazer do negócio.

Foto: Reprodução/Google.
[caption id="attachment_471937" align="aligncenter" width="562"]Stephen Ross. Stephen Ross.[/caption] O Banco Goldman Sachs auxilia a CVC para realizar a venda e o JP Morgan representa os potenciais compradores. A primeira notícia sobre o tema foi dada pela Reuters e a BBC que não conseguiram confirmar o negócio com nenhuma das empresas envolvidas. Bernie Ecclestone, controlador da F1, é criticado por não ter uma visão moderna do negócio. Stephen Ross tem uma fortuna estimada em US$ 4,8 bilhões, segundo a Forbes, e está entre os empresários mais ricos dos Estados Unidos tendo sua atuação principal no segmento imobiliário. Também é conhecido por sua dedicação como filantropo, principalmente em doações para a Universidade de Michigan. Ross comprou 50% do Miami Dolphins em 2008 por US$ 550 milhões.  

Tags: