Canal
Geral

SP e RJ concentrarão principais eventos da Copa

Por: 0 9 de Abril de 2011 06:32

A Fifa decidiu concentrar os principais eventos do Mundial de 14 no eixo Rio-São Paulo, que, além de receber a final e a abertura do evento esportivo, também ficará com o maior número de jogos da competição de futebol. A informação, ainda sem confirmação oficial da Fifa, foi publicada no dia 31/03, pelo jornal “Folha de S.Paulo”. De acordo com a reportagem, as especulações sobre os locais dos jogos inaugural e de encerramento da Copa acabaram se confirmando. O estádio de Itaquera, em São Paulo, receberá a partida de abertura (superando Belo Horizonte, Brasília e Salvador) e uma semifinal. Já o Maracanã sediará a final.

[caption id="attachment_106759" align="aligncenter" width="580" caption="Arena Corinthians, que pode receber a abertura (crédito: CDC Arquitetos/Divulgação)."][/caption]

Além dos eventos com maior visibilidade da Copa, as duas cidades do Sudeste concentrarão o maior número de partidas do Mundial. A capital paulista terá seis jogos da competição, um a menos que o Rio, recordista de partidas da Copa. Obras O jornal afirma ainda que a decisão da Fifa saiu na semana passada, ou seja, poucos dias antes de o presidente da entidade, Joseph Blatter, fazer duras críticas à preparação brasileira. O dirigente afirmou que o Brasil está mais atrasado que a África do Sul e colocou em dúvida a inauguração da Arena Corinthians e do Maracanã a tempo para a Copa, já que ambos enfrentam problemas para tocar as obras. De fato, as obras do estádio paulista ainda não saíram do papel. O Corinthians garante que o canteiro começa a ser montado até maio, mas ainda restam pendências para tirar a obra da prancheta, como os dutos da Petrobras e imbróglios com o Ministério Público. O custo da obra também subiu. Então orçada em R$ 600 milhões, a construção pode ficar perto do R$ 700 milhões, segundo o presidente corintiano Andrés Sanchez. O Maracanã é outro estádio da Copa que enfrentou e enfrenta diversos problemas para tocar reformas. O estádio foi licitado por R$ 705 milhões, mas falhas na estrutura elevaram consideravelmente o preço da obra, cujo orçamento já ultrapassa R$ 1 bilhão.

[caption id="attachment_106760" align="aligncenter" width="580" caption="A intenção é que o novo Maracanã seja o que retrara a imagem."][/caption]

Os projetos dos possíveis estádios da abertura e final da Copa também receberam duras críticas. No caso da arena paulista, a própria Fifa identificou 109 pontos críticos na proposta básica. No Rio, o Tribunal de Contas da União classificou de “peça de ficção” o orçamento do Maracanã, já que o estádio foi licitado com base em apenas 37 plantas. Os problemas nas obras podem acabar tirando os dois estádios da Copa das Confederações (evento-teste do Mundial que acontece na metade de 2013). Com isso, a Fifa perderia duas das cidades mais atraentes para a exposição dos seus patrocinadores. Menos jogos Segundo o jornal paulista, Cuiabá, Manaus e Natal receberão cada uma quatro jogos da Copa, o menor número de partidas da competição. Não há informação sobre a quantidade de partida das demais sedes. Fonte: Folha de S.Paulo.

Tags: