Canal
Geral

Sony fala em “prejuízo”, carga tributária e fábrica no Brasil

Por: 0 22 de Outubro de 2013

Em entrevista ao jornal "Valor Econômico", Mark Stanley, vice-presidente da Sony Computer Entertainment para a América Latina, disse que a empresa está tendo prejuízo com a venda de seu novo console de games no Brasil por R$ 3.999 e cogitou a construção de uma fábrica no Brasil. "Infelizmente, não estamos fazendo tanto dinheiro quanto as pessoas pensam. Na verdade, estamos até perdendo", afirmou. Stanley também criticou algumas distorções na tributação aos videogames e outros produtos eletrônicos que chegam ao Brasil importados. De acordo com o executivo, o imposto sobre produtos industrializados (IPI), por exemplo, chega a um percentual de 50%, mesmo patamar do tabaco e muito superior ao de produtos como os jet-skis (10%). [caption id="attachment_336359" align="aligncenter" width="560"] Sony justifica em gráfico o preço do seu console PS4 no Brasil  [/caption] Para o Mark Stanley, a polêmica sobre o preço do PlayStation 4 pode ajudar na retomada de discussões sobre os impostos cobrados no País. "Já tentamos isso no passado como Sony e como setor, mas agora, quem sabe, podemos voltar ao tema", disse. Já sobre a construção da fábrica brasileira, ele não estimou prazo para isso acontecer. Atualmente o console PS4 é produzido em uma única fábrica no mundo, localizada na China. O debate sobre preço do PS4, que chega às lojas brasileiras no dia 29/11, custando quatro mil reais precede a chegada de outro console popular, o Xbox One, que deve chegar ao Brasil antes, em 22/11, por 2.199 reais, valor mais caro do mundo. A promessa é que o console rodará aplicativos do Windows 8.  Dessa forma, tudo que está em um aparelho no outro, seja PC, videogame ou smartphone com Windows Phone. Com a novidade, seria possível jogar games criados para outras plataformas diretamente no console, algo que pode atrair mais desenvolvedores para o Windows 8.

Tags: