Canal
Geral

Sites especializados lançam manifesto

Por: 0 28 de Julho de 2015

Os editores dos principais veículos da imprensa especializada se reuniram durante o Congresso Brasileiro de Live Marketing realizado esta semana em São Paulo para analisar a conjuntura do  mercado e propor alternativas. A Carta abaixo, assinada pelos 8 veículos, é o primeiro  resultado do encontro. Em breve, outras ações serão implementadas.   O varejo é o melhor termômetro da economia. Neste momento, as principais redes do varejo do país estão ampliando seu portfólio: GPA, Carrefour, Magazine Luiza estão implantando novas lojas, novos centros de distribuição e reformando seus pontos atuais. Elas apostam no crescimento do mercado. O anuário Valor 1000 (julho/2015) indica que “as maiores empresas brasileiras continuam executando seus planos de investimento e de expansão da capacidade”, tendo evoluído 9,3% no ultimo ano. Também o lucro líquido das mil maiores teve um crescimento de 9,6% (excluída do índice a Petrobras), “as empresas tiveram um bom desempenho no ano passado considerando o cenário, com exceção da Petrobrás”. Sondagem da revista Exame com presidentes de 130 grandes empresas mostra que 60% deles acreditam que o ano terminará em recessão ou, na melhor hipótese, com crescimento zero. No entanto, 70% das empresas que integram a elite corporativa do país preveem que conseguirão elevar a receita de sua empresa – 17% apostando crescer mais de 10%. Como? Estudo feito em janeiro pela Fundação Dom Cabral com 100 executivos indica a intenção de aumentar a participação nos mercados em que já atuam. Ou seja, aumentar seu market share. No entanto, indicadores da confiança do  empresariado  do comércio e da indústria anunciados pela FGV e pelo IBGE indicam uma crescente perda da confiança. Os dados acima e muitos outros indicam que os empresários perderam a Confiança no acerto da economia, o que gera Medo. No entanto, sabem que momentos de desacertos na economia (e na política) são excelentes oportunidades de crescimento, de abocanhar territórios de seus concorrentes. Principalmente daqueles que tomados pelo medo, desaceleram seus investimentos, especialmente, no marketing. Apesar de vários indicadores preverem substancial crescimento do digital, deve-se observar que a base em que se apoia este crescimento é pequena, mesmo sendo o percentual alto, os números não são tão grandes. Afinal, neste momento, o digital não é a ferramenta mais adequada para a conquista de novos territórios. Na verdade, programas de incentivo, convenções, eventos de endomarketing, participação em feiras e ações no PDV são as armas mais contundentes na luta pela conquista de aumento  no market share. No entanto, sendo o crescimento da relevância das ferramentas do live marketing fenômeno recente, sua importância ainda não é reconhecida por todos os stakeholders deste mercado. E, nesse sentido, a importância da imprensa especializada. Setores fortes exigem fornecedores fortes, entidades fortes e uma imprensa forte. Cabe às entidades e a imprensa a defesa desse mercado, mas é a imprensa que tem o poder de trombetear sua importância. É a imprensa que pode promover as melhores práticas, atacar os maus procedimentos, procurar entender e discutir seu desenvolvimento, pesquisar o estado do mercado, difundir informações, ajudar na capacitação profissional e reconhecer o mérito dos profissionais. Imprensa forte necessita que a sociedade a agasalhe e lhe dê consistência econômica e, consequentemente, editorial.

  • Revista Eventos – Sergio Junqueira Arantes
  • Revista EBS – Marcelo Baranowsky
  • Revista Live Marketing – Sergio Sanches
  • Revista O ABC da Comunicação – Luciano Bonetti
  • Revista Radar Magazine – Octavio Neto
  • Portal Eventos – Sergio Junqueira Filho
  • Portal Free Shop – Auli de Vito
  • Portal Promoview – Julio Feijó

Tags: