Canal
Geral

Sinapro-SC dá posse à diretoria para mais um biênio

Por: 0 26 de Maio de 2014

O Sinapro-SC empossou, no dia 21/05, a presidente reeleita, Rosa Estrella, em Florianópolis, para mais dois anos à frente do Sindicato das Agências de Propaganda de Santa Catarina. Com ela, permanecem os vice-presidentes Executivo, Felippe Malta, de Mercado, Daniel Araújo e de Finanças, Paulo Vigano. O coquetel de posse contou com as presenças do novo diretor Regional Sul, Carlos Alberto Barata e de Fernando Maragno, da Cacto Publicidade, de Criciúma e de Paulo Santos, da agência Nueva. 
Foto: Fernando Willadino.
[caption id="attachment_398191" align="aligncenter" width="562"]Diretoria do Sinapro-SC. Diretoria do Sinapro-SC.[/caption] A presidente reforçou a importância da continuidade do trabalho de aproximação do Sindicato com as agências, por meio dos eventos itinerantes, como os Pró-Regionais, as reuniões setoriais e os workshops. "Há uma relação de representação muito maior hoje  com os diretores regionais,  eles são os braços do Sinapro nos mercados locais e nos  ajudam a trazer para perto os nossos associados", disse Rosa. O vice-presidente de Mercado, Daniel Araújo, que preside ainda o Capítulo catarinense da Abap também reforçou a fala da presidente do Sinapro-SC. "Rosa foi a primeira diretora a viajar para o Interior e essa atitude ajudou a mudar bastante a percepção do Sindicato fora da Capital. A atuação dela  nesses dois últimos anos foi brilhante", opinou.
 No final do ano passado, Rosa Senra Estrella foi escolhida para integrar também a diretoria da Fenapro - Federação Nacional das Agências de Propaganda. Diretora-executiva do Grupo Fórmula, recebe o reconhecimento do setor por seu empenho para a valorização da propaganda profissional. Em sua primeira gestão no Sinapro-SC reuniu mais de dois mil participantes em encontros setoriais em todas as regiões do Estado, comandas pessoalmente por ela. Trouxe nomes como Humberto Mendes e Antonio Lino Pinto para workshops sobre gestão e ética na publicidade. Na mais recente pesquisa do mercado catarinense, a propaganda injetou R$ 1 bilhão na economia estadual.

Tags: