Canal
Geral

Shell e Ducati entregam prêmio de ação promo

Por: 0 14 de Outubro de 2011

O guarda civil metropolitano Brasílio da Costa foi eleito o “Melhor Motociclista do Brasil” e levou para casa uma Ducati Monster 696. Dos quatro mil inscritos no concurso cultural, patrocinado pelo lubrificante para motos Shell Advance, apenas 15 chegaram à etapa final do concurso, que aconteceu no Sambódromo do Anhembi (SP), durante o encerramento do Salão Duas Rodas.

[caption id="attachment_150171" align="aligncenter" width="560" caption="Marcio Saldanha, diretor geral da Duas Rodas; Brasílio Costa, o "Melhor Motociclista do Brasil" e Raphaelli Figueira, analista de Marketing da Shell."][/caption]

O apoio ao concurso cultural é mais uma maneira de reforçar a parceria tecnológica entre Shell Advance e Ducati. Os finalistas do concurso foram selecionados de duas maneiras. Em um primeiro momento, 20 pessoas foram escolhidas em um jogo de perguntas e respostas. Desse grupo, os dez concorrentes que fizeram as frases mais criativas chegaram à final. Os outros cinco finalistas foram escolhidos durante o Salão Duas Rodas em baterias de provas feitas nos simuladores, trazidos da Malásia pela Shell especialmente para o evento, e também na pista de teste.

O vencedor do concurso foi escolhido em um teste de condução de moto. O corpo de jurados foi composto pelos pilotos profissionais Leandro Mello, Eric Tinoco André e Pedro Mello. Eles concederam notas pela inspeção de funcionamento da moto, uso correto dos equipamentos de segurança, domínio da moto e ritmo de condução no percurso. “A proposta é eleger quem tem condições de pilotar uma moto no dia-a-dia e não o melhor piloto. O vencedor foi cauteloso e rápido nos momentos certos”, analisou Pedro Mello. A prova contou com a montagem de duas pistas. Na etapa final, o administrador de empresas Fábio Alexandre e o guarda civil metropolitano Brasílio da Costa fizeram o percurso no mesmo tempo e sem cometer erros. Diante do empate, houve uma terceira etapa. Neste momento, Fábio se desequilibrou e colocou o pé no chão — o que é considerada falta grave — deixando o título para Brasílio. “Não tenho palavras para descrever esse momento. Vou usar a moto para dar entrada na compra do meu apartamento”, revelou o vencedor.

[caption id="attachment_150173" align="aligncenter" width="560" caption="Finalistas do concurso "O Melhor Motociclista do Brasil"."][/caption]

Para Raphaelly Figueira, analista de Marketing de Lubrificantes da Shell, esse é um momento importante para a Shell mostrar a importância de uma condução segura. “Apoiar um evento como esse é fundamental para divulgar os princípios de uma condução segura e responsável”, garante. Para o próximo concurso, o diretor-geral da revista Duas Rodas, Marcio Saldanha Marinho, afirma que serão feitas ações pontuais no trânsito com motociclistas de todo o Brasil para incentivar direção preventiva.

Tags: