Canal
Geral

Sebrae promove jogos de inovação

Por: 0 15 de Julho de 2011 02:02

A Universidade Corporativa Sebrae promoveu um circuito interativo para levar conceitos de inovação e sustentabilidade aos participantes do "2º Encontro Nacional dos Agentes Locais de Inovação (ALI)", organizado pela instituição em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O evento, que ocorre em Porto de Galinhas (PE), teve início no dia 13/07 e encerra hoje (15/07), e conta com a participação de 330 jovens agentes. "A ideia é trabalhar a capacitação de uma forma lúdica, considerando o perfil do público do evento, recém-formados com idades entre 20 e 25 anos", conta a analista da Universidade Corporativa, Mara Bauer.

No dia de ontem (14/07), os ALI puderam colocar em prática todo o conteúdo apresentado durante o encontro. A Universidade Corporativa preparou diferentes jogos e dinâmicas para ter certeza de que os agentes aprenderam a lição. "A função do jogo é um complemento do aprendizado, numa linguagem que fala com esse público", explica a analista de Gestão de Pessoas, Mônica Caribé. "É uma forma de garantir a internalização dos conceitos e práticas durante todo o evento", afirma. Uma das atividades que foram realizadas no circuito interativo é chamada de "Atendimento". Nela, a partir de cases de empresas reais, os ALI discutiram entre si e construiram um plano de atuação para solucionar problemas enfrentados pela empresa. Houve também um quiz, com perguntas sobre a utilização das soluções Sebrae. Os participantes também tiveram uma prova de esforço em prol do meio ambiente. Por 40 minutos, eles pedalaram bicicletas ligadas a um gerador que alimentou os aparelhos elétricos usados no encontro. "Todas as atividades tiveram o objetivo de despertar a criatividade desses jovens para soluções inovadoras sem deixar de lado conceitos de sustentabilidade e soluções Sebrae", destaca Mônica. As atividades foram desenvolvidas em parceria com a Sábia, empresa que cria plataformas digitais para aumento da produtividade e desempenho dos negócios. Essa é a primeira vez que a Universidade Corporativa utilizou esse tipo de recurso em encontros e espera despertar o interesse de mais jovens para o tema. "Esperamos que essa troca de experiência e interação entre os agentes ajude a promover a inovação nas pequenas empresas", acredita Mara Bauer.

Tags: