Canal
Geral

SBU e Lado a Lado dão início à campanha Novembro Azul

Por: SBU. 1 de Novembro de 2015

O Movimento Novembro Azul é uma campanha mundial que faz o alerta a respeito da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata.

No Brasil, o Novembro Azul é realizado em parceria pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) e o Instituto Lado a Lado com o objetivo de orientar a população masculina sobre a importância do exame de toque retal e PSA para diagnóstico precoce do câncer de próstata. O conceito escolhido para as ações de 2015 é “Cuidar da Saúde também é coisa de Homem” e o Instituto Lado a Lado pela Vida prepara um extenso calendário de ações para a campanha Novembro Azul deste ano em todo país. A cada edição do movimento novas parcerias são formadas e com ações maiores é possível informar ainda mais pessoas.

Em 2014, a campanha bateu todos os recordes, atingindo mais de 75 milhões de pessoas, por ações em todo o Brasil e também com uma exposição internacional, na Times Square, em Nova Iorque.

Em Santa Catarina, a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) adere à causa e irá iluminar a fachada do prédio de azul em parceria ao movimento.

A Fiesc é a primeira instituição do Sul que participa desta campanha nacional liderada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida e pela SBU. A ação de marketing sustentável tem como mote a conscientização masculina para o cuidado com a própria saúde porque os médicos registram que os homens não costumam ter uma rotina de prevenção, e, em grande parte, se sentem imunes aos problemas de saúde, por isso não cultivam hábitos preventivos. Contudo, os homens não podem ignorar os números dessa doença em nosso País.

No Brasil, o câncer de próstata é a 15ª causa de mortes, são 14 mil ao ano. A cada caso de óbito são diagnosticados cinco novos casos. O principal alerta dos médicos para o diagnóstico precoce é em função da doença não apresentar sintomas nas fases iniciais, justamente quando as chances de tratamento e cura são maiores.

O médico Luís Felipe Piovesan, médico do NeoUro e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Urologia-Secção Santa Catarina, explica os benefícios da prevenção. “O câncer de próstata não tem sintomas. Por isso a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. A partir dos 50 anos de idade, o exame do toque deve ser feito uma vez ao ano. Não basta apenas o exame de sangue PSA.”, alerta Piovesan. 

Tags: