Canal
Geral

Savassi vive clima de festa em Belo Horizonte

Por: 0 20 de Junho de 2014

Desde o início da Copa do Mundo, a Savassi se tornou reduto de torcedores em Belo Horizonte. No dia 19/06, mesmo sem jogo do Brasil ou partida sendo disputada no Mineirão, a região continuou em festa. Apesar da tranquilidade em grande parte da cidade e ruas vazias por causa do feriado de Corpus Christi, uma multidão tomou o quarteirão fechado da Rua Antônio de Albuquerque, que concentra vários bares, para assistir aos jogos do Mundial ou simplesmente se divertir. [caption id="attachment_403610" align="aligncenter" width="533"]A região se tornou ponto de encontro para curtir o Mundial da Fifa. A região se tornou ponto de encontro para curtir o Mundial da Fifa.[/caption] No primeiro jogo na Capital, foram os animados colombianos que coloriram a Savassi de amarelo, azul e vermelho. Em seguida, por causa da segunda partida da cidade, argelinos e belgas travaram duelo de gritos de guerra no local. Agora, o a região começa a ganhar os tons alvicelestes, com a chegada dos hermanos para a disputa entre Argentina e Irã, neste sábado (21/06). Em meio a um pagode improvisado e à música latina nas caixas de som de um dos inúmeros bares do quarteirão, idiomas se misturam. Mas neste feriado, diferentemente de outros dias, o português se sobressaía no burburinho das pessoas. Cenário Diferente A concentração de pessoas alterou o visual do local e não agrada a todos. Em vez de mesas de amigos, rodas de amigos, em pé. Comprar uma cerveja de garrafa ou ir ao banheiro não são tarefas fáceis. Ambulantes também aproveitam o movimento para faturar. O latão de cerveja, por exemplo, é vendido a R$ 5,00. Tantas pessoas nas ruas da Savassi também fizeram com que a limpeza precisasse ser reforçada na região. De acordo com a Empresa de Turismo de Belo Horizonte (Belotur), a quantidade de lixo recolhido na área saltou de meia tonelada para sete toneladas por dia. Durante a Copa, o número de garis foi reforçado, passando de 12 para 60.

Fonte: G1/MG.

Tags: