Canal
Geral

São Bento do Sul sediará a segunda edição da Feistock

Por: 0 14 de Novembro de 2013

A cidade de São Bento do Sul (SC) vai sediar a 19ª Feistock, maior feira de móveis e decoração do Sul do País em número de visitantes. A organização estima que mais de 35 mil pessoas passem pelo pavilhão da Promosul entre os dias 21 e 24/11, movimentando mais de R$ 9,5 milhões em vendas. Números que levam a organização a expandir a área de exibição em mais de 6,5 mil metros quadrados, mil a mais que a edição de inverno, realizada em junho de 2013. A feira de novembro já está com quase todos os expositores confirmados e inicia a contagem regressiva faltando menos de 20 dias. “Já temos confirmadas empresas de móveis e decoração do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Santa Catarina”, conta Jonathan Roger Linzmeyer, proprietário da Total Business Solution (TBS), empresa organizadora do evento. Para a segunda edição de 2013, muitas novidades serão lançadas: entre elas, um evento paralelo, que acontecerá no primeiro dia do evento (21/11). Será a palestra "Palavras e ideias que vendem” com Luiz Carlos Prates. O projeto iniciou neste ano com o objetivo de ter em todas as edições futuras uma palestra direcionada a motivação e vendas. Para o ano de 2014 a organização já está negociando com grandes palestrantes de renome nacional e mundial como Oscar Schmidt e Fernando Scherer (Xuxa). Quem for visitar a Feistock e preencher a pesquisa que estará sendo realizada no local, concorrerá automaticamente a ação que levará o visitante da feira para Buenos Aires. A Feistock é uma feira voltada tanto para o consumidor final, que pode aproveitar a reunião dos mais diferentes produtos residenciais em apenas um lugar; quanto para os lojistas, que buscam novidades e bom preço. Além disso, os móveis e artigos de decoração podem ser adquiridos com até 70% de desconto em relação ao preço vendido em loja. Valores que, segundo a organização do evento, atraem consumidores com o projeto de decoração da casa nas mãos, dispostos a mobiliar a residência com as compras feitas no local. “Alguns consumidores chegam a economizar até a metade do que gastariam se comprassem os produtos em loja”, explica Julio Amaral, sócio-proprietário da TBS.

Tags: