Canal
Geral

Rio Infra levará 12 mil pessoas ao Riocentro

Por: 0 31 de Agosto de 2011

A segunda edição da feira “Rio Infraestrutura” promete levar cerca de 12 mil pessoas ao Riocentro, na Barra da Tijuca, entre os dias 16 e 18/11. A feira reunirá mais de 70 expositores nacionais e internacionais que vão oferecer produtos e serviços para obras de infraestrutura, como mineração, prospecção de petróleo, construção civil e transporte. A expectativa é superar a Rio Infra 2010 (Feira de Produtos e Serviços para Obras de Infraestrutura), que registrou mais de seis mil compradores de grandes empresas e gerou mais de R$ 55 milhões em negócios. Em 13 mil metros quadrados de exposição, o único evento de infraestrutura do Rio de Janeiro tem por objetivo fomentar o desenvolvimento de negócios relacionados à indústria, logística e prestação de serviços. “Até 2014, a previsão do BNDES é que sejam movimentados R$ 378 bilhões em infraestrutura no Brasil e, grande parte desses recursos serão investidos no Rio de Janeiro, onde vão ser realizados os principais eventos internacionais até 2016. Diante disso, a Rio Infra vai reunir os maiores fornecedores de infraestrutura do País para apresentarem seus serviços, equipamentos e novas tecnologias a executivos de grandes empresas públicas e privadas, que precisam executar grandes obras”, disse Gabriel Palumbo, diretor da Fagga l GL Exhibitions, organizadora do evento em parceria com a Reed Exhibitions Alcantara Machado. Após o sucesso da primeira edição da Rio Infra, em 2010, as empresas decidiram ampliar suas áreas de exposição em 2011. Esse é o caso da Sotreq, que aumentou em 100% seu espaço. A empresa é distribuidora da linha Caterpillar - que fabrica máquinas, motores e veículos pesados, voltados principalmente para a construção civil e mineração - nas regiões Norte, Sudeste e Centro-Oeste do País. A Rio Infra é focada no mercado profissional e tem como público alvo construtoras, instituições financeiras, Bancos investidores, concessionárias (rodovias, ferrovias e aeroportos), hidrelétricas, usinas, portos e terminais de cargas. A visitação é gratuita para os precredenciados pelo site.

Tags: