Canal
Geral

Rio de Janeiro aposta na diversificação

Por: 0 3 de Dezembro de 2010

Para Márcia Lins, secretária Estadual de Turismo, Esporte e Lazer do Estado do Rio de Janeiro, a Copa de 14 e a Olimpíada de 16 deixarão um legado permanente de infraestrutura e intangível de turismo. “Em 2009, 38% do total de turistas em visita ao Brasil estiveram no Rio. É uma excelente oportunidade de consolidar o destino como referência internacional do turismo, assim como Paris e Nova York”, destaca. [caption id="attachment_85114" align="aligncenter" width="560" caption="Alvaro Bezerra de Mello, presidente da Abih Nacional; Márcia Lins, secretária de Turismo, Esporte e Lazer do Rio; Alexandre Sampio, presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação; e Luis Gustavo Barbosa, do Núcleo de Turismo da FGV."][/caption] A meta do Ministério do Turismo é de que, até 2020, seja dobrado o número de seis milhões de pessoas que viajam para o Brasil. “O Rio se beneficiaria diretamente por ser considerado uma das portas de entrada do País”, afirma Márcia. Ainda segundo a secretária de Turismo, a ideia é consolidar o Estado do Rio de Janeiro como opção de turismo rural e ecológico, além do lazer e negócios. Atualmente a representação de visitantes estrangeiros no destino com o foco em eventos corporativos faz com que o destino atinja a segunda colocação com 20,4% da demanda. Em primeiro lugar está São Paulo com 53,8%. Hotelaria Alvaro Bezerra de Mello, presidente da Abih Nacional, também esteve presente no 2º Fórum Rio Cidade Sede. Durante o painel sobre a estrutura hoteleira do Rio para a Olimpíada de 16, o profissional declarou que o número de mais 40 mil leitos para a cidade será atingido a tempo de atender a demanda dos jogos. “Na Zona Sul não tem mais capacidade, mas a Barra da Tijuca e a Zona Portuária estão em crescimento. A rede Accor, por exemplo, planeja a construção de três hotéis para o Cais do Porto”, revelou. Fonte: Panrotas. Acredita que o Rio de Janeiro está realmente preparado para receber estes eventos? Comente.

Tags: