Canal
Geral

RH-RIO é sinônimo de sucesso

Por: 0 26 de Maio de 2015

Com um público recorde de mais de três mil pessoas – 20% a mais do que no ano passado – (ABRH-RJ), encerrou no dia 20 de maio, no Centro de Convenções SulAmérica, a 41ª edição do RH-RIO, principal congresso de gestão de pessoas do Rio de Janeiro. Além do congresso, o espaço reuniu nos dias 19 e 20 de maio, a Expo RH-RIO, feira de recursos humanos e gestão, que movimentou cerca de R$ 200 milhões em negócios.

Fotos: Divulgação.
rhrio4 "Em um ano onde o primeiro semestre está sendo marcado por um cenário econômico longe de ser positivo, alcançar estes números comprova que o mercado reconhece a qualidade do RH-RIO e o retorno que ele traz para os profissionais e empresa.", comemorou o presidente da ABRH-RJ, Paulo Sardinha, que identifica a participação de diversas instituições de ensino superior no congresso como outro indicador da qualidade do evento. Com o tema central a “Convergência: quando os propósitos se atraem”, o congresso promoveu, principalmente nas palestras magnas, debates sobre de que forma é possível convergir objetivos que resultem em organizações mais produtivas, bem-sucedidas e com líderes inovadores, que saibam estimular a busca desse alinhamento de ideais. rhrio1Os secretários estadual e municipal de Trabalho, Arolde de Oliveira e Augusto Ribeiro, e a secretária estadual de Gestão e Planejamento, Claudia Uchôa, prestigiaram a programação. "O RH-RIO contribuiu para o desenvolvimento não somente dos profissionais, mas também para os setores de Recursos Humanos. E o RH é fundamental para que as empresas melhorem a produtividade. Fala-se muito em competitividade, mas o que precisamos agora é melhorar a produtividade.", avaliou o diretor de Relações com o Mercado da Firjan, Alexandre dos Reis, na cerimônia de abertura. Como construir sua carreira em torno de propósito foi a tônica da conferência magna que abriu o primeiro dia do congresso. Eliana Sousa Silva e Ivonette Albu­querque fundadoras, respectiva­mente, das ONGs Redes de De­senvolvimento da Maré e Galpão Aplauso participaram de um talk-show onde contaram um pouco de como incorporaram como propósito melhorar a qualidade de vida de quem mais precisa. rhrio3Foi uma oportunidade dos congressistas acompanharem histórias de vida que nem sempre estão presentes na realidade das empresas e ter contato com experiências que os estimularam a pensar fora da caixa. No encerramento do primeiro, o público foi instigado a refletir sobre com a modernidade impactou na vida das pessoas. rsrio2 Apresentando conceitos filosóficos pós-modernos, o historiador e professor da Universidade Estadual de Campi­nas (Unicamp) Leandro Karnal questionou como alcançar a convergência em uma sociedade cada vez mais marcada pelo individualismo. Os exemplos de como as organizações conseguem alcançar a convergência foram o norte das palestras magnas do dia 20. O presidente da GE Celma, Julio Talon, e o diretor-executivo de Esportes do COB, Marcus Vinicius Freire, compartilharam suas experiências de como fazer para que equipes marcadas pela diversidade consigam ser mobilizadas e engajadas por um objetivo em comum. O papel da comunicação interna e da qualidade de ambiente de trabalho foram citados como fatores primordiais para se alcançar a convergência. Encerrando o ciclo de palestras, o consultor e sócio da empresa Corall, Vicente Gomes, se aprofundou em soluções que os gestores podem levar para dentro das empresas.

Tags: