Canal
Geral

Renault patrocina atleta paralímpico de esgrima

Por: 0 6 de Agosto de 2014

A Renault do Brasil, por intermédio do Instituto Renault, é a patrocinadora do atleta paralímpico Sandro Colaço, na modalidade Esgrima em Cadeira de Rodas. O esportista faz parte da equipe brasileira da modalidade e contará com o apoio da Renault em sua preparação e treinamento até o final das Paralimpíadas de 2016, que acontecerão no Rio de Janeiro. O patrocínio compreende, além do apoio financeiro, a cessão de um Renault Duster automático em regime de comodato. Sandro Colaço já realizou importantes conquistas em sua especialidade. Neste ano, obteve o terceiro lugar na modalidade Espada por Equipes no Grand Prix de Montreal, realizado no Canadá e promovido pela Iwas - Wheelchair & Amputee Sports Federation. [caption id="attachment_412321" align="aligncenter" width="400"]Sandro Colaço passa a contar com o patrocínio da Renault. Sandro Colaço passa a contar com o patrocínio da Renault.[/caption] Em 2012 e em 2013 foi o primeiro colocado no Ranking Nacional de Esgrima em Cadeira de Rodas do CPB – Comitê Paralímpico Brasileiro. O atleta foi também vencedor do Prêmio Orgulho Paranaense do ano passado na Categoria Jogos Oficiais da Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo do Paraná, e segundo colocado do American Championships - IWAS - Wheelchair & Amputee Sports Federation, em 2011. “Nossa empresa é focada nas pessoas e patrocinar o paradesporto é mais do que proporcionar aos atletas condições essenciais de treinamento. É também uma forma de promover a inclusão social, a integração e a cidadania, gerando oportunidades”, observa o presidente da Renault do Brasil, Olivier Murguet. Nos últimos anos, a Renault tornou-se uma das principais empresas privadas a apoiar o esporte paranaense. Além de Colaço, a montadora é também patrocinadora da Equipe de Esgrima da Associação dos Deficientes Físicos do Paraná, bem como do time de vôlei sentado da Universidade Livre Para Eficiência Humana (Unilehu) e Jogos Paradesportivos. Além do paradesporto, no ano passado apoiou a recuperação do Centro de Excelência em Ginástica do Paraná (Cegin), voltado à preparação de atletas da ginástica artística brasileira, e nos últimos dois anos apoiou os Jogos Universitários, Jogos da Juventude e os Jogos Abertos do Paraná.

Tags: