Canal
Geral

Renault apoia restauração do Teatro Guaíra

Por: 0 27 de Maio de 2014

A Renault do Brasil, em parceria com o Governo do Estado do Paraná por intermédio da Secretaria de Cultura, anunciou o seu apoio à restauração do mais tradicional teatro do Paraná e um dos mais importantes do Brasil: o Teatro Guaíra. Símbolo cultural da cidade de Curitiba, ele receberá investimentos de R$ 2,8 milhões da Renault para reforma de suas instalações. A expectativa é de que as obras sejam concluídas até dezembro deste ano. “É um grande orgulho para todos nós, da Renault, participarmos da restauração do Teatro Guaíra, que além de ser um símbolo de Curitiba e do Paraná é reconhecido por sua relevante contribuição às artes e à cultura”, destacou Olivier Murguet, presidente da Renault do Brasil.

Foto: Divulgação.
[caption id="attachment_398561" align="aligncenter" width="562"]Expectativa é que a reforma seja concluída até o mês de dezembro. Expectativa é que a reforma seja concluída até o mês de dezembro.[/caption]   Os recursos serão destinados à recuperação do auditório Bento Munhoz da Rocha Netto, mais conhecido como "Guairão", que em dezembro próximo completará 40 anos, e à troca das cortinas do Auditório Salvador de Ferrante, o “Guairinha”. Inaugurado no dia 12 de dezembro de 1974, o Guairão já foi palco de grandes nomes do teatro e da música brasileira e internacional, como Fernanda Montenegro, Paulo Autran, Roberto Carlos, Chico Buarque, entre tantos outros. Bailarinos famosos como Rudolf Nureyev e Margot Fonteyn, e maestros renomados como Zubin Mehta e Isaac Karabtchevsky, também já se apresentaram no Guairão. Além disso, é a casa do Balé Teatro Guaíra e da Orquestra Sinfônica do Paraná, que são reconhecidos internacionalmente pela qualidade dos seus trabalhos. O Guairão ainda não havia passado por nenhuma reforma desde a sua inauguração. Os recursos agora disponibilizados serão aplicados especialmente no restauro das poltronas e na troca de toda a forração da sala e das cortinas. O Teatro Guaíra, mantido pelo Governo do Estado, é tombado pelo Patrimônio Histórico do Paraná desde 2003 e só em 2013 recebeu mais de trezentas mil pessoas em seus auditórios.

Tags: