Canal
Geral

Redes sociais aproximam consumidores

Por: 0 21 de Setembro de 2011

Rodrigo Campos* As redes sociais, muito usadas atualmente, são importantes aliadas de companhias interessadas em se aproximar de seus consumidores e construir um bom relacionamento com eles. Mas, para garantir o sucesso da estratégia, é necessário entender como funciona este universo e evitar deslizes comuns que podem desacreditar a intenção da empresa. Em 2010, 34% das empresas responderam que não tinham nenhuma participação nas redes sociais. Hoje, este número caiu para 15%, o que representa a influência que as redes adquiriram dentro do mercado corporativo.

Dados de uma pesquisa, realizada pela revista Business Week, com as 100 empresas mais valiosas do mundo em 2010, mostram que os empreendimentos, que investem em redes sociais, apresentam melhores resultados e mais reconhecimento. Em média, empresas atuantes em redes sociais cresceram 18% em um ano, enquanto aquelas reticentes tiveram queda de 6%, em média no mesmo período. O uso desse novo meio de relacionamento pode ser aproveitado para uma série de fatores. As redes permitem a expansão de mercado, melhor interação com os consumidores, conquista de novos clientes, redução de custos em divulgação, entre outros. Porém, não é só publicar nas mídias sociais que vai trazer todos os benefícios. É preciso que as empresas agreguem valor aos conteúdos, por exemplo, uma empresa do setor alimentício pode colocar além dos seus produtos, algumas receitas e dicas de alimentação para os consumidores. Isso faz com que haja a fixação de seu nome no mercado e desperte a curiosidade de quem ainda não conhece. Esses dados revelam a importância do uso das mídias sociais pelas empresas. Agora, coloque-se no lugar de seu cliente: você acompanharia a sua empresa no Twitter ou Facebook? O que faria você fazer parte da rede social de sua empresa? O que interessa a você que também pode interessar a um potencial cliente? A resposta para todas essas perguntas é que a empresa sempre deve priorizar a qualidade da informação, a transparência na comunicação e estar sempre disponível para os questionamentos e reclamações dos clientes. “Isso, com certeza, criará uma relação de proximidade, confiança e fidelidade aos seus serviços, mantendo e conquistando novos espaços no mercado”. Seguem algumas dicas sobre redes e  mídias sociais para você usar melhor essas ferramentas em sua empresa: Diferença entre mídias e redes sociais Redes sociais são formadas por pessoas. A qualidade da rede e de sua interação é o que agrega valor ao conteúdo divulgado. Mídias sociais são as ferramentas utilizadas para a manutenção das redes: Twitter, Facebook, Orkut, Linkedin, Myspace, Google+, Quepasa são exemplos de mídias sociais. As pessoas que as compõem formam as redes sociais. Twitter Uma das mídias sociais que mais se destacam atualmente. É uma ferramenta que possibilita a troca de informações, por meio de texto curtos (140 caracteres) ou postar imagens e vídeos em tempo real por meio do twitpic ou pelo twitcam. É ágil e portátil, pois pode ser usado também no celular. Primeiro você deve criar uma conta e formatá-la com a identidade visual de sua empresa. Para conseguir seguidores divulgue o endereço de seu Twitter por e-mail, no site, em material publicitário etc. A partir daí, tuíte assuntos interessantes e que agregue valor ao seu usuário. Facebook Hoje o Facebook é a mídia social mais utilizada no mundo todo, com mais de 400 milhões de usuários. A rede social constituída nessa ferramenta pode interagir com amigos por meio de mensagens, jogos etc. O mais recomendável para uma empresa é criar uma página e postar sempre conteúdos relevantes, conversar com seus clientes e ter muitas pessoas curtindo suas postagens. Como o uso corporativo das redes sociais é recente, espera-se que a experiência crescente de sua utilização leve as empresas a um novo patamar de maturidade, com uma melhor definição de estratégias, objetivos e resultados alcançados. *Rodrigo Campos é assessor de marketing da Link Portal da Comunicação.

Tags: