Canal
Geral

Redenção terá monumentos restaurados

Por: 0 25 de Julho de 2014 03:26

Alvos de vandalismo e vítimas da ação do tempo, 12 monumentos situados no Parque da Redenção serão restaurados por meio de uma parceria entre Secretaria Municipal de Cultura (SMC), Ministério Público e Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-RS). O projeto prevê a lavagem das peças para eliminar micro-organismos e fuligens, a remoção de pichação e aplicação de produto antigrafitagem para prevenir novas pichações e a substituição de peças e placas de bronze por réplicas em material sem valor comercial.

Foto: Ricardo Duarte/Agência RBS.
[caption id="attachment_410378" align="aligncenter" width="562"]Monumento ao Expedicionário: um duplo arco do triunfo com esculturas em relevo em homenagem a pracinhas da II Guerra Mundial. Monumento ao Expedicionário: um duplo arco do triunfo com esculturas em relevo em homenagem a pracinhas da II Guerra Mundial.[/caption] O convênio será oficializado no dia 28/07, e a previsão do Sinduscon é de que os trabalhos de restauração estejam concluídos até outubro, com orçamento aproximado de R$ 250 mil. "A deterioração dos nossos monumentos nos sensibilizou. Vimos que era um problema que vinha se repetindo, então decidimos agir, ao invés de apenas lamentar.", comenta o engenheiro Zalmir Schwartzmann, vice-presidente de Relações Institucionais do Sinduscon-RS. A escolha dos 12 monumentos, de um conjunto de cerca de 40 obras espalhadas pelo Parque Farroupilha, foi feita com supervisão da SMC, que fará a orientação técnica dos trabalhos. "Obras mais antigas e de maior valor artístico são prioridade, mas temos esperança de que esta iniciativa inspire outras instituições, e, com isso, mais monumentos possam ser adotados.", diz o arquiteto Luiz Antônio Custódio, coordenador da Memória Cultural da SMC. A arquiteta restauradora Verônica Di Benedetti, que coordenará a equipe de restauração, salienta que Porto Alegre é uma das cidades com o maior número de esculturas públicas no País, em razão da influência positivista, porém, esse patrimônio está se perdendo. No ano passado, Porto Alegre recebeu R$ 85 mil do governo federal por meio do PAC Cidades Históricas. A verba permitiu a revitalização de obras da Praça da Alfândega, recentemente concluída. O próximo passo será o restauro de esculturas da Praça da Matriz.

Tags: