Canal
Geral

Salto da estratosfera da Red Bull quebra vários recordes

Por: 0 16 de Outubro de 2012

Por Ariane Feijó
Há 50 anos um homem chamado Joseph Kittinger fez uma grande loucura: saltou de um para-quedas a partir da estratosfera, a 102,800 pés de altura. Ontem (14/10), Felix Baumgarten renovou o recorde, ao repetir a tarefa, saltando de mais de 128,000 pés. Se no primeiro caso estamos falando apenas da ciência, no segundo, como era de se esperar do "futuro", essa época na qual vivemos hoje, ultrapassamos todas as fronteiras já conhecidas de experiência de marca. E a Red Bull garantiu um lugar difícil de ser ocupado pelos seus concorrentes  num cenário em que todos os players saltam de penhascos ou extrapolam na radicalidade. Acompanhei a proeza em tempo real pelo facebook neste domingo. Veja como foi, clique aqui.

No total foram 3 recordes quebrados pelo Red Bull Stratos: - o salto de pára-quedas mais alto da história, a partir de 128.100 pés, ou 39.045 metros - a queda-livre da maior altitude já experimentada, 36.529 metros, que durou 4 minutos e 27 segundos. O salto completo, desde a saída da cápsula durou pouco mais de 9 minutos. - a maior velocidade vertical já experimentada por um ser humano: foram 373 m/s. Felix foi o ser humano a ir mais alto na estratosfera em uma cápsula - e a Redbull a marca a ir mais longe na história do marketing. Por enquanto. ;) Antes de Felix, apenas pilotos que sobreviveram ao ser ejetados de supersônicos compartilharam da atividade que este paraquedista e base jumper profissional vivenciou. Além de quebrar um recorde para o para-quedismo, ele também quebrou um recorde humano, tendo sido o mais rápido ser humano vivo até hoje. Ao saltar, ultrapassou a velocidade do som.

Este salto, parte do Projeto Stratos, foi patrocinado pela empresa Red Bull , com uma verba de marketing cujo volume de dinheiro não foi revelado. Além do investimento, algumas batalhas jurídicas foram necessárias, atrasando o salto em mais de um ano.

De acordo com a equipe responsável pela operação, o "stunt" promocional é apenas um componente de uma experiência cujo objetivo principal é a ciência. As informações obtidas do salto e dos equipamentos utilizados por Baumgartner servirão tanto para o governo dos EUA quanto para empresas de voos espaciais comerciais.

Protagonista ou coadjuvante, o certo é que as space-promos não param por aí. Ao assistir a uma experiência atrelada a uma marca transformar um marco histórico como este, passamos a imaginar um pouco do que veremos nos próximos anos.

Estamos vivenciando tempos modernos na exploração do espaço, algo que deve se popularizar a atingir mais pessoas. Se há dois ou três anos nos surpreendemos com uma promo de automóvel que levaria ao espaço ou há menos do que isso com o evento da Virgin promovendo o primeiro voo comercial para o espaço, ontem o marketing promo também quebrou o seu próprio recorde. Qual será o próximo?

Mission Timeline: É possível ver detalhe a detalhe o salto de Felix Baumgartner aqui. Confira mais imagens abaixo:

Tags: