Canal
Geral

Psicodália reúne diversas atrações no Carnaval

Por: 0 15 de Fevereiro de 2011

O festival anual, direcionado ao público que curte boa música, natureza, diversão e interação com demais pessoas, acontece entre os dias 04 e 08/03, em Rio Negrinho, Santa Catarina. A 14a edição do Festival Psicodália conta com 30 bandas, peças de teatro, oficinas e workshops. Os destaques na área musical são: o tropicalista Tom Zé, a banda setentista O Terço, a Traditional Jazz Band, com 45 anos de estrada e, a lendária banda pernambucana, Ave Sangria.

Depois de abrir 2010, com uma edição especial de Réveillon, o festival volta a preencher o calendário daqueles que procuram uma opção diferente e completa para o Carnaval 2011. A histórica edição na virada de 2009/2010 reuniu mais de quatro mil pessoas na Fazenda Evaristo, em Rio Negrinho. O público conferiu de perto os shows dos Mutantes, Terreno Baldio e da banda curitibana Blindagem, junto com outras 23 bandas e demais atrações. Idealizado pelo trio curitibano Julianna Henriques, Klauss Pereira e Alexandre Osiecki, o Festival Psicodália vai além da música. Segundo eles, a proposta original é criar uma atmosfera de alegria e companheirismo ao público, unindo diversas formas de manifestações artísticas, integrando os psicodélicos ao que vem sendo produzido País afora. Nascido na cidade de Angra dos Reis em 2001, com seu projeto piloto, somente em 2003, na cidade de Lapa (PR) passou a se chamar Psicodália. O festival agrega conceitos como: diversão, paz, envolvimento com a natureza e espírito de coletividade, propagado a cada edição. O Psicodália já abriu espaço para novos talentos e atingiu, primeiramente, o circuito curitibano, mas acabou se estendendo para outros Estados. Segundo os organizadores, todos os anos o festival é sucesso, com público fiel e seleto e vem crescendo a cada ano. “O Psicodália não se restringe apenas ao festival, durante o ano inteiro são realizados eventos com bandas independentes, com os mesmos objetivos e formato. O grande trabalho do Psicodália é a movimentação e o incentivo a produção cultural/musical”, diz o trio. Bandas O Psicodália conta com uma série de bandas que fazem parte da história do festival. Algumas delas como O Sebbo, Sopro Difuso e Confraria da Costa, de Curitiba, e A Trupe Sonora Casa de Orates (SC), por exemplo, já têm presença e público fiel no festival, marcados por participações em edições anteriores. Outras 21 bandas de diversos Estados do Brasil se encontram no palco do festival, ao lado de Tom Zé, O Terço, Traditional Jazz Band e Ave Sangria. Dentre elas: Sopa, O Conto, o músico Plá, Lamarão e a Banda da Casa, de Curitiba; Terra Celta e Mescalha, de Londrina; e Nego Blue, da Ilha do Mel, e o Lendário Chucrobillyman representam o Paraná. De São Paulo (SP), Cosmo Drah, Thiago Nassif e Rafael Castro. E, ainda, Zé Trindade de Minas Gerais e Eletric Trip de Nova Prata, Rio Grande do Sul. Estrutura A estrutura é composta por diversas áreas de camping arborizadas, com iluminação e equipe completa de seguranças e limpeza, que trabalham 24 horas por dia, além de banheiros espalhados por toda a fazenda, farmácia e ambulatório, UTI móvel, mercearia, praça de alimentação, estandes de alimentação (com funcionamento 24 horas por dia), diversos bares (também com funcionamento 24 horas por dia), três palcos, tirolesa, lagoa, cachoeira, estacionamento para carros, motos, ônibus e motorhomes. Alimentos e bebidas são quase um atrativo à parte, sempre servidos com muita qualidade e a preços que não se encontra nem na cidade. Oficinas Durante o Festival Psicodália 2011, o público poderá participar de oficinas que passam por diversas áreas. Com vagas limitadas, as 45 oficinas organizadas durante o evento, percorrem áreas como o teatro; a música; Yoga e Tai Chi Chuan; artes manuais e artesanato feito a partir de materiais naturais; desenho, grafite e pintura; dança e expressão corporal; moda e customização de peças; ciências cósmicas; artes circenses e contação de histórias. Além destes, um workshop sobre ecologia política e um bate-papo sobre ciência astrológica. As informações sobre temas, horários e inscrições podem ser conferidas no endereço eletrônico. Recreação Infantil A organização do Festival Psicodália proporciona, desde a última edição, a Recreação Infantil. A ideia, segundo Juliana Henriques, é oferecer mais opções para as crianças, que estão cada vez mais presentes no evento. “O objetivo é promover a integração de crianças de forma divertida e educativa”, afirma. O programa trabalha o desenvolvimento da criatividade, imaginação, integração e preservação ambiental por meio de diversas atividades que incluem: artes, oficinas, brincadeiras e jogos. As inscrições, também gratuitas, devem ser feitas no local.

Tags: