Canal
Geral

Pepsi vai ressarcir consumidores

Por: 0 17 de Setembro de 2011

Apesar do regulamento da ação promocional da Pepsi, realizada nos dias 10 e 11/09, nos pontos de venda de todo o País, prever que ela duraria por dois dias ou até o final do estoque, para atender aos consumidores que não conseguiram desfrutar da promoção, a marca vai entregar uma caixa da bebida para aqueles que entraram em contato com o SAC e outros canais oficiais da marca ou das redes varejistas participantes e que tiveram contato de consumidores em busca do refrigerante nos seus canais oficiais de comunicação. “O nosso desejo com a iniciativa “Pode Ser Pepsi em Dobro” era mobilizar o consumidor para experimentar Pepsi. Por isso criamos uma ação diferenciada no segmento de bebidas. Certamente o nosso desejo se concretizou e o consumidor nos disse “pode!”, afirma Luciana Fortuna, diretora de Marketing da Pepsi. A ação promocional da Pepsi, que garantia uma segunda unidade grátis, na compra da primeira, movimentou os supermercados em todo o Brasil. Sucesso absoluto, a marca vendeu, em apenas dois dias, o equivalente ao que comercializou no mês de setembro de 2010. A campanha de ativação criada pela AlmapBBDO foi estrelada por Rodrigo Faro e pelas gêmeas do nado sincronizado, Bia e Branca Feres. O conceito da ação foi ótimo. O volume de vendas, extraordinário. A amplificação nas redes sociais, estrondosa. Mas, o detalhe básico para o sucesso total foi subestimado: garantir que havia produto suficiente no ponto de venda para todos os consumidores.

Diante da manifestação de consumidores que não conseguiram adquirir o produto, o Procon-SP notificou no dia 12/09, a Pepsico, fabricante de refrigerantes Pepsi, a prestar esclarecimento sobre a ação promocional "Pode ser Pepsi em Dobro", que prometia entregar ao consumidor mais uma unidade da bebida no momento da compra. Segundo o Procon-SP, a empresa terá que esclarecer qual quantidade de produtos destinou aos pontos de venda e como pretende atender os consumidores que não conseguiram fazer a compra nos termos da ação promocional. Transtornos O Grupo Pão de Açúcar, com a assinatura conjunta da Pepsi, publicou anúncios em jornais e TV lamentando o problema. "Pode ser que você não tenha encontrado sua Pepsi no Pão de Açúcar. Comunicamos que devido ao grande sucesso da promoção 'Pode ser Pepsi em Dobro', nossos estoques dos produtos da linha Pepsi acabaram antes do esperado. Lamentamos o fato ocorrido e qualquer transtorno que tenhamos causado aos nossos clientes. Obrigado pela compreensão." Segundo o grupo varejista, foram solicitadas 60 carretas adicionais do produto à AmBev (responsável pela distribuição da bebida) ao ser contabilizado o impacto da promoção. No entanto, apenas um terço do volume foi entregue. Também foi acordado com a empresa de bebidas a substituição por outros refrigerantes da marca, mas ainda assim não foi possível atender à demanda gerada. A AmBev informou que disponibilizou o equivalente às vendas de 30 dias para a ação promocional, mas que a procura foi maior que o esperado. A empresa afirmou ainda que a campanha deixava explícito que a promoção duraria apenas enquanto durasse o estoque.

Tags: