Canal
Geral

Projeto Tamar completa 35 anos

Por: Petrobras. 22 de Outubro de 2015

Patrocinado pela Petrobras por intermédio do Programa Petrobras Socioambiental há mais de 30 anos, o Projeto Tamar acaba de completar 35 anos de existência.

Ao longo de três décadas e meia, o projeto possibilitou o surgimento de uma nova geração de tartarugas fêmeas. Estudou e protegeu as populações das cinco espécies de tartarugas marinhas encontradas no Brasil. Além disso, educou milhões de pessoas para protegerem esses animais, transformando até mesmo caçadores de tartarugas em seus protetores.

Foto: Divulgação.

O Projeto Tamar atua em pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, todas ainda ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda, tartaruga-de-pente, tartaruga-verde, tartaruga-oliva e tartaruga-de-couro.

A iniciativa começou com um grupo de estudantes de Oceanografia que percorria as praias do Brasil para saber onde as tartarugas desovavam e pesquisar sobre elas. Hoje, o Tamar está presente em 25 localidades no litoral brasileiro, em nove Estados (Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina), onde há bases de pesquisa e conservação e centros de visitantes e são monitorados 1.100 quilômetros de costa e ilhas oceânicas.  

O Projeto Tamar contribuiu ainda para geração de emprego e renda. "Mantemos 473 empregos diretos, 103 indiretos mediante o apoio a grupos de artesãos, mulheres em sua maioria, que fabricam itens para as lojas do Tamar, e geramos cerca de 1.500 oportunidades de trabalho e profissionalização, anualmente, em atividades vinculadas à proteção de tartarugas marinhas.", diz Guy Marcovaldi.

Essas atividades são desempenhadas nas bases de pesquisa e conservação, nos centros de visitantes e nas lojas do Tamar e em confecções de camisetas para a comercialização nas lojas.

Tags: