Canal
Geral

Projeto ilumina fachadas histórias de Manaus

Por: 0 16 de Setembro de 2014

Na última segunda-feira (15/09), quatro fachadas abandonadas da Rua Visconde de Mauá, localizada no Centro Histórico de Manaus receberam o banho de luz cênica no segundo dia do projeto “Lugares que o dia não me deixa ver”, que está em sua terceira edição. As edificações, que no período do apogeu da Borracha eram residências e comércios, foram iluminadas das 18h até às 22h. O projeto é realizado pelo Ponto de Cultura Casarão de Ideias, e tem o apoio do Itaú Cultural.

Foto: Ruth Jucá.
[caption id="attachment_420236" align="aligncenter" width="473"]Cultura-Casarao-Ideias-Itau-Cultural_ACRIMA20140915_0004_15 O projeto "Lugares que o dia não me deixa ver" é realizado pelo Ponto de Cultura Casarão de Ideias, e tem o apoio do Itaú Cultural.[/caption] O diretor-geral do projeto, o ator e bailarino João Fernandes, destaca que as iluminações na rua serão projetadas na frente de cada fachada como se fossem uma espécie de “corrente” a interligar cada edificação, de modo a convidar as pessoas que transitarem pelo espaço a passar na frente de cada fachada histórica. “O grande ponto de referência da rua no passado foi o Museu do Porto de Manaus, e o projeto arquitetônico do local, resultante da Belle Époque”, assegura Fernandes.

Tags: