Canal
Geral

"Projeto Gaveta" incentiva consumo colaborativo

Por: 0 3 de Novembro de 2014

As amigas Giovanna Nader e Raquel Vitti Lino apostam no conceito estrangeiro “clothing swap” para incentivar o consumo colaborativo por meio da troca e doação de roupas. Elas trouxeram a ideia após a verem sendo difundida em diversas partes do mundo, como em países da Europa, Estados Unidos e Austrália. No ano passado, elas lançaram a primeira edição do evento na Escola São Paulo que contou com a participação de 75 pessoas e uma arrecadação de mais de quatro mil modelos. Desse montante, 1.800 peças foram selecionadas e mais de duas mil foram doadas para a ONG Filhos de Paraisópolis. “A resposta que nós tivemos nessa primeira edição é que São Paulo tem público para esse consumo colaborativo e que as pessoas buscam cada vez mais um consumo consciente, e a moda faz parte disso.”, afirma Giovanna.

Foto: Divulgação.
[caption id="attachment_429960" align="aligncenter" width="562"] Giovanna Nader e Raquel Vitti Lino apostam no conceito estrangeiro “clothing swap”. Giovanna Nader e Raquel Vitti Lino apostam no conceito estrangeiro “clothing swap”.[/caption] A essência do “Projeto Gaveta” – nome dado à versão brasileira - é atrair o máximo de pessoas em um evento para trocar e reciclar roupas entre si. Um dos diferenciais é a seleção dos modelos que estarão disponíveis. Uma curadoria de moda faz as escolhas das peças seguindo critérios rigorosos para garantir que o encontro tenha uma essência moderna, fashion e atual. Quem tiver peças que não passarem pela curadoria poderá doá-las para a ONG de sua preferência. Uma das novidades desta edição é a parceria com a marca de amaciantes Downy, que fará a lavagem de parte das roupas (peças em algodão, jeans e malha) recolhidas na rede de troca, deixando-as perfumadas e mais atraentes para o próximo dono. Como Participar A pessoa interessada deve separar as roupas que não usa mais - seja nova, velha ou, até mesmo, manchada e rasgada. O próximo passo é enviar um e-mail para [email protected] e aguardar a resposta com o passo a passo para entrega das peças. Feito isso, a curadoria fará a seleção das roupas que têm potencial para participar do encontro. Em seguida, um novo e-mail é enviado para o participante com um romaneio descrevendo o que foi selecionado. Nele, estará especificado quantas moedas personalizadas irá receber para utilizar no dia. Uma tabela de equivalência foi elaborada para que as trocas sejam efetuadas de uma maneira justa (veja abaixo). Com o romaneio, a pessoa retira suas moedas no dia do evento e poderá escolher entre as opções dispostas nas araras.   banner 3promo Tabela de equivalência: - Uma Camiseta ou Blusa: uma moeda. - Um Vestido: duas moedas. - Um Sapato: duas moedas. - Um Acessório: uma moeda. - Uma Jaqueta ou Casaco: três moedas. - Uma Calça: uma moeda. - Uma Saia: uma moeda. - Um Shorts: uma moeda. As trocas vão acontecer no dia 6 de dezembro, a partir das 15h, no Centro Cultural B_arco, localizado na Rua Virgílio de Carvalho Pinto, número 426, bairro Pinheiros. Propositalmente, fica em uma rua sem saída. O evento contará com DJ, bebidas e food truck na porta.

Tags: